6 dicas para uma alimentação saudável durante uma viagem ao exterior

Viajar para outro país é uma experiência maravilhosa, sendo uma ótima oportunidade de conhecer novas culturas e aproveitar para experimentar um pouco da gastronomia local.

Só que existem alguns cuidados com a alimentação que devem ser tomados em uma viagem ao exterior para que o seu passeio não seja um desastre!

6 dicas para uma alimentação saudável durante uma viagem ao exterior

Nessas horas é necessário ter alguns cuidados importantes para não correr o risco de ter má digestão, intoxicação alimentar ou outros problemas que possam estragar seu passeio.

Sem contar aquele peso extra que pode adquirir se não se controlar e acabar com a sua vida saudável que há tanto tempo estava levando ao pé da letra.

Pensando na sua viagem internacional perfeita, selecionamos algumas dicas importantes que te ajudará explorar as comidas típicas com segurança e sem ganhar uns quilinhos a mais.

1 – Os pratos novos

Ao visitar algum país Africano ou Asiático é necessário ser cauteloso com sua gastronomia.

Eles possuem hábitos alimentares muito diferentes dos nossos, além que o clima e água podem contribuir com problemas digestivos.

Prefira ir devagar ao experimentar novos ingredientes, evite alimentos apimentados, gordurosos ou com muito temperos.

2 – As frutas

Além de serem saudáveis é possível encontrar frutas em qualquer parte do mundo e provavelmente conseguirá achar ao menos uma variedade conhecida.

Dê preferência para frutas já familiarizadas.

Cuidado ao provar alguma fruta exótica se nunca provou antes, para evitar correr o risco de alguma reação alérgica.

3 – A hidratação

Apesar de ser meio óbvio, muitas pessoas esquecem de beber água nas viagens para outros países.

É fundamental se manter hidratado o dia todo, assim evita desidratação.

Sem contar que isso dá uma energia extra, ajuda no funcionamento do intestino e até prolonga a saciedade.

Para sua segurança, evite tomar água em bebedouros públicos ou direto da torneira.

O ideal mesmo é comprar um garrafão de água e use-o para encher garrafinhas pequenas, assim evita gastos com garrafas e incentiva a beber mais líquido.

4 – As bebidas alcoólicas

Bebidas alcoólicas costumam ser calóricas e metabolizam massa magra. Então, nem precisa falar que faz mal ao organismo, né?

Agora, se você vai beber, faça isso com moderação!

Ainda mais que alguns países possuem leis rígidas para problemas ocasionado pelo consumo excessivo de álcool.

Evite beber de estômago vazio e intercale com goles de água.

Caso for beber um pouco a mais, recomenda-se tomar um isotônico no dia seguinte, pois ajuda a diminuir o efeito da ressaca.

5 – Os cuidados com alimentos

Atenção redobrada ao comer em alguma barraquinha ao ar livre.

Sempre observe a higiene do local e da pessoa que está manuseando a comida, como limpeza da roupa e unhas, uso de touca, se a mesma pessoa pega o dinheiro durante o preparo, etc.

Em relação aos alimentos, prefira comer peixes e mariscos em cidades litorâneas, pois as chances de serem frescos são maiores e também evite comer saladas cruas, molhos, leite e queijos malconservados.

6 – O lanchinho de bolsa

Para evitar beliscar demais durante o passeio, leve um lanchinho dentro da bolsa.

Além de evitar consumir petisco cheios de açúcar e gordura é uma solução temporária entre as refeições principais, caso não ache nada saudável para comer.

Opções como castanha, pipoca, sanduiches naturais, barra de cereal, cookies, amendoins e frutas secas, são ótimas alternativas saudáveis e gostosas para tapear o estômago na hora da fome.