Veja se é verdade que o álcool gel previne doenças

Desde que a pandemia do coronavírus aconteceu no Brasil – logo após acontecer em outras partes do mundo – muito se falou sobre o quanto é importante uma boa higienização das mãos. Mas, será que o álcool gel previne doenças como essa mesmo? Vamos descobrir.

E, antes de tudo, já saiba que esse é um produto aliado contra a disseminação da doença. E o motivo é simples: a higienização das mãos que é feita inibe o contágio do vírus. Mas, muitas dúvidas sobre o assunto surgiram sobre o álcool gel. Por exemplo, ele é seguro?

Inclusive, para conseguir limpar corretamente as suas mãos é necessária utilização do produto rapidamente – antes que ele seque. Além do mais, nada impede que você faça a limpeza das mãos com água e sabão, que é mais barato e tão eficaz como o álcool em gel.

Assim sendo, com a intenção de acabar com suas dúvidas, nós preparamos esse conteúdo informativo e explicativo. Continue lendo e saiba a verdade sobre o álcool em gel na prevenção de várias doenças, como o coronavírus (Covid-19).

Qual é a utilidade do álcool gel na prevenção das doenças?

Obviamente, o álcool gel já existia antes mesmo dessa pandemia. Ele é muito usado para limpar objetos e superfícies. Por exemplo, smartphone, computadores, cadeiras e outros que são constantemente manuseados. Porém, isso não é tão efetivo assim.

ANÚNCIO

Hoje em dia, com tanta informação, a gente sabe que usar o álcool comum (e não em gel) para limpar as superfícies é mais indicado. Enquanto isso, o formato do álcool em gel é indicado para as mãos – e somente isso.

Normalmente, quando se utiliza esse produto para limpar algo é por meio de um paninho levemente umedecido. Já o álcool em gel vai direto para as mãos, sem panos. Mas, e sobre o uso do produto para a pervença de doenças?

Como ele tem em sua composição uma ação antimicrobiana, no momento que o produto entra em contato com vírus e bactérias, ele elimina uma camada de gordura da pele que os envolve. É isso que auxilia no extermínio dos “bichinhos”.

O tipo de álcool para limpar a mão

Ainda sobre a dúvida de que álcool gel previne doenças ou não, saiba que muita gente se pergunta sobre o tipo de álcool que se deve usar. E nós já até falamos disso no tópico acima. Isso porque na falta do álcool em gel, existem pessoas que usam o álcool em líquido.

No entanto, ele não é recomendado para isso – como já explicamos. O Conselho Federal de Química informa que o álcool em gel precisa ser fabricado com 70% de álcool etílico. Essa quantia já é suficiente para combater os vírus que fica impregnado nas mãos e com segurança.

Já ao lidar com muito álcool líquido, cria-se a chance de que ocorra um acidente com queimaduras e irritações na pele. E o pior é que isso pode gerar o efeito oposto, ajudando a proliferar os microrganismos.

Então, resumidamente, quando você foi adquirir o seu frasco do produto e não estiver seguro se tem a porcentagem adequada para uso, dê uma conferida no que está escrito no rótulo. Em alguns casos, não se utiliza o símbolo %, mas sim uma bolinha ° que significa “graus”.

O álcool em gel caseiro também funciona na prevenção?

Existe muitas fakenews sobre o uso do álcool gel caseiro. Entre elas, inúmeras receitas que não são verdadeiras e nem seguras para você produzir o próprio álcool em gel em casa. Entretanto, fizemos uma busca e encontramos uma receita segura e confiável.

Ela está disponível no site Brasil Escola, que faz parte do grupo UOL. Só que infelizmente ela não é recomendada para aqueles que nunca tiveram contato com química, laboratório e nem tenha um local adequado para a produção.

A produção, dessa forma, só deve ser feita por professores de química que possam fazer seu próprio conteúdo com auxílio dos seus alunos. Então, se você for menor de idade, não tenha experiência no assunto, pode repassar essa ideia para algum professor.

Caso tenha ficado curioso para saber quais são os produtos, receita, modo de fazer e todos os cuidados necessários para a fabricação desse álcool gel caseiro, você poderá conferir o passo a passo no site.

Outros cuidados para evitar a contaminação

Já lhe explicamos que o álcool gel previne doenças e pode ser um grande aliado para combater o avanço da Covid-19. Porém, considere que ele não é remédio e nem garante que você não será contaminado, ok?

Por isso, além de limpar as mãos com sabão ou álcool existem outras atitudes preventivas que precisam ser tomadas.

Entre elas, evitar aproximação de pessoas infectadas. Além de usar máscaras de proteção faciais. E evitar contando com quem esteve em contato com alguém doente, mesmo ela não tendo os sintomas da doença.

Outra coisa é tampar as vias áreas no momento que espirrar ou tossir. Também não se deve dividir objetos de uso particular com outras pessoas (nem amigos próximos e nem familiares) e procurar deixar os ambientes o mais ventilado possível (janelas abertas).

Onde comprar o álcool gel?

Se você estiver com dificuldade para achar uma farmácia de manipulação ou as farmácias mais tradicionais que tenham o produto, a melhor forma de fazer uma busca é online.

álcool gel previne doenças

Além de poupar o seu esforço físico e o gasto de ficar correndo para lá e para cá, pulando de estabelecimento em estabelecimento, saiba que procurar pela internet é uma atitude consciente para que não seja necessário furar o isolamento social.

Ah, o isolamento é outra forma de diminuir a propagação da doença.

Outro motivo para optar por essa medida é que ficará mais fácil conseguir procurar pelo preço mais baixo, fazendo cotações, simular compra com outros produtos que necessita, para conseguir pagar menos, entre outras vantagens econômicas.

ANÚNCIO