7 dicas para quem vai fazer uma viagem de trem na China

Existem diversos bons motivos para fazer uma viagem de trem na China. Só que nem todo mundo sabe o que e como fazer isso. Os brasileiros também ficam com algumas dúvidas sobre esse assunto. Por isso, criamos este conteúdo.

A gente separou vários tópicos importantes para quem vai realizar essa viagem ao país asiático. Só que mais do que isso, são dicas para quem vai viajar de trem por lá. Afinal, a China é hoje a 2ª maior rede ferroviária do mundo, né.

7 dicas para quem vai fazer uma viagem de trem na China

E isso já é uma boa ideia para quem está pensando em viajar de trem pela China. Afinal, são mais de 120 mil quilômetros de via, o que facilita a vida de todo turista. Só que o grande diferencial é a questão econômica: o passeio ou trajeto são bem em conta.

Dica 1 – é melhor que os voos

A primeira dica para quem vai fazer uma viagem de trem na China é justamente considerar que é melhor do que os voos, isto é, os aviões. E por quê é melhor? Bom, com base em dados do governo local, 30% dos voos domésticos atrasam.

Isso quer dizer que a pontualidade não é o forte das companhias aéreas chinesas. Assim, conforme o FlightStats, 14 aeroportos chineses estão entre os 20 que mais atrasam no mundo todo. O motivo é o clima e as vezes a restrição militar, também.

Mas, não importam os motivos. O importante é considerar que viajar de trem quase sempre vai valer mais a pena do que voar na China.

Dica 2 – a compra da passagem

Com base em pessoas que tiveram essa experiência, de viajar de trem na China, considere que tem um site ótimo para comprar as passagens. É o China Highlights. Por lá, apesar de o serviço ser em inglês, você consegue ver tudo muito bem detalhado.

E tem outra agência, a Travel China Guide, que também permite a compra das passagens online. Dá para refinar buscas por trens, horários ou estações. E isso facilita muito a vida de quem está indo para a China.

Agora, considere que também dá para comprar as passagens na estação. No entanto, aí vai ter o risco de que os lugares podem estar esgotados.

5 passeios para quem vai viajar de trem no exterior

Dica 3 – os tipos de trens chineses

Mais uma super dica para quem vai viajar de trem na China é sobre os principais tipos de trens que existem por lá. Os “G” são os melhores porque são rápidos (350 Km/h) e muito confortáveis. Tem também wi-fi e espaços entre as cadeiras.

Já os “D” são rápidos, porém, vão até 250 Km/h. Já o “C” tem uma velocidade de 200 Km/h e são ótimos para trechos pequenos. Tem ainda o “Z”, que vai até 160 km/h e faz paradas apenas em grandes estações. As vezes, não fazem paradas, também.

Os “T” são aqueles trens chineses que atingem 140 km/h. E os “K” são lentos, sendo 120 km/h.

Agora, não deixe de saber que todos os trens citados tem vagões restaurantes e água aquecida. Assim dá para comprar comidas no trem. E eles também tem banheiros, obviamente. Isso tudo permite uma viagem de trem na China tranquila.

Dica 4 – as classes nos trens da China

Assim como existem muitos tipos de trens chineses também existem várias categorias. De modo geral, a Business Class é mais cara e mais confortável. Elas estão disponíveis nos trens-bala tipo G.

Por outro lado, nos trens mais simples, tem a classe Standing Ticket. Isso quer dizer que o turista não vai ter um assento, mas ele vai viajar em pé no corredor do vagão. É uma opção usada apenas quando todas as outras vagas estão esgotadas.

E nesse meio ainda tem muitas opções de classes, como a First Class. Ela tem até serviços de travesseiro e descanso para os pés. Ótima para viagens longas.

Dica 5 – o embarque no trem chinês

Outra dica é sobre o embarque nos trens. É preciso estar com os tíquetes impressos e em mãos. Lembrando que todos os seus dados estarão nesse documento. A língua é o mandarim, mas tem um sistema de números também, que é mundial.

A entrada na plataforma acontece minutos antes da partida. Você vai passar por um sistema de raio-x e vai apresentar os documentos. E o restante, quanto ao embarque, é comum, como os brasileiros estão acostumados a fazer em aeroportos e viagens de ônibus.

Dica 6 – durante o passeio

Sobre o passeio, ainda temos algumas dicas importantes. Por exemplo, saiba que os preços do que é vendido no trem é bem caro. Até mesmo mais caros do que aqueles vendidos nas estações.

Outra coisa é que é bem frio dentro dos trens, para manter a temperatura e evitar a proliferação de doenças e vírus. Por isso, agasalhos são altamente recomendados. E, por último, vamos falar sobre as bagagens, veja no tópico abaixo.

Dica 7 – as bagagens que vão nos trens

Uma última dica que é muito importante é sobre as bagagens. Isso realmente é importante para quem vai realizar uma viagem de trem na China. E o motivo é que apesar de não ter restrição, o espaço é bastante limitado.

Aí, o que acontece é que as malas menores devem ficar nos compartimentos em cima das cadeiras. Enquanto isso, as malas maiores vão para o bagageiro, na entrada da cabine.

Qual é a dica, portanto? Obviamente, chegar mais cedo para ter onde guardar a sua bagagem. Inclusive, também é preciso ficar atento aos avisos de som com o nome da sua estação. Porque aí você tem que pegar a sua mala rapidamente e evitar ser o último da linha.