Saiba quanto custa viajar no Trem da Morte na Bolívia

O trem da morte tem esse nome que é, no mínimo, diferente. Mas, ele não assusta tanto, afinal, o nome vem do passado. Agora, o que ninguém discorda é que o trem é apenas para os fortes. E você vai descobrir o motivo.

Aliás, além de saber quanto custa viajar no trem da morte na Bolívia, você também vai ver a história sobre esse trem. Inclusive, os motivos para o nome e como é o passeio. Já adiantamos que não se deve esperar muito como nos trens europeus, obviamente.

Saiba quanto custa viajar no Trem da Morte na Bolívia

E, se você quer saber mais da Bolívia, saiba que no fim do artigo temos um bônus. Que é para citar alguns passeios e o que fazer no nosso país vizinho. Continue lendo.

A história do Trem da Morte na Bolívia

Para quem gosta de história, aqui vamos nós. A ferrovia do mais famoso trem da Bolívia foi construída em 1950 e possui mais de 600 quilômetros de extensão ao todo.

Mais tarde, nos anos 90, ficou conhecido como Trem do Pó. E você já deve imaginar os motivos, né. Os traficantes usavam o transporte para levar cocaína da Bolívia até o Brasil.

Hoje em dia é usado para o transporte de cargas e também de passageiros. Sendo que sua gestão e operação está por conta de uma empresa norte-americana.

O apelido “Trem da Morte” vem da história. Ao que se conta, milhares de trabalhadores morreram durante a construção da obra. E o motivo foi a malária, uma doença da época.

Já para outros historiadores, o nome vem da epidemia de febre amarela. Sendo que o “trem da morte” foi usado para o transporte dos mortes. E também dos doentes.

Mas, o fato é que hoje em dia o nome só assusta. Afinal de contas, a viagem não é assim tão terrível e nem mesmo tenebrosa. Por outro lado, é bem lenta, cansativa e simbólica. Continue lendo para saber mais.

Ah, e se você não sabe, atualmente, não tem muitas regras para quem vai encarar essa viagem. Você só precisa estar com o seu RG original em mãos e o certificado de vacina contra a febre amarela também. E muita disposição, é claro.

A viagem no Trem da Morte na Bolívia

Para os curiosos de plantão ou para quem realmente vai passear no trem da morte, vamos às informações sobre a viagem.

Existem muitas rotas para se chegar à Bolívia partindo do Brasil. Dá para ir de carro próprio, de avião ou até mesmo de ônibus. Os ônibus partem de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, por exemplo.

E é justamente através do ônibus que parte de Corumbá que se pode chegar até o trem da morte. Isso porque você chega em Santa Cruz de la Sierra e aí pega o famoso trem.

O que você precisa saber sobre a viagem no trem da morte é que não é dos mais confortáveis. Especialmente se você está na classe mais simples do trem. Outra coisa é que ele é lento, sendo que vai à uns 20 quilômetros por hora.

Agora, por que muitos brasileiros vão nesse trem? Um dos mais fortes motivos é a experiência e também a história. A simbologia parte do fato de ser um trem de mais de 100 anos de história e 60 de funcionamento. O que é algo a ser considerado.

Além disso, é uma forma única de estar em contato direto com a cultura da Bolívia, o nosso país vizinho.

Ainda sobre a viagem de trem da morte, saiba que dá para optar pelo Expresso Oriental ou pelo Ferrobus. O primeiro é bem mais em conta e o outro é bem mais cômodo.

O que torna a viagem incrível

O que torna a viagem de trem da morte na Bolívia algo incrível é justamente as suas características. Ao todo são mais de 600 quilômetros de percursos e com paradas em vários vilarejos.

Outra coisa bem legal é que dependendo de onde você estiver, dá para viajar junto com galinhas e vendedores de comidas, por exemplo.

Em uma das paradas, antes da viagem, ainda em Santa Cruz de la Sierra, parece para descansar. Porque depois, quando se chega em Cochabamba, dá para sentir os efeitos da altitude.

E como ainda não falamos dos preços, aqui vamos dar um dado atualizado. Atualmente, na categoria mais barata, chamada de Super Pullman, o custo é de aproximadamente R$ 50. Já no Ferrobus, o valor é o dobro.

Nessa última opção tem serviço de lanches e TV também, o que acaba sendo um diferencial, além do conforto. Existe ainda a opção de viajar a noite e optar por classes com camas. Ao todo, a viagem dura entre 11 horas e 16 horas.

7 dicas para quem vai fazer uma viagem de trem na China

O que fazer na Bolívia

Agora que você já conhece bastante sobre o trem da morte, vamos falar da Bolívia.

Entre as principais cidades de lá está Santa Cruz de la Sierra, que é a cidade mais incrível do país. Por lá, o clima é tropical, por exemplo. E é uma ótima opção de passeio no país. Tem centro histórico e tudo.

Outra cidade é Chocabamba. A cidade é uma eterna primavera, como dizem. E fica há 2 mil metros acima do mar, sendo a 3ª maior do país. Tem também a maior estátua do cristo do mundo, sendo o Cristo de la Concordia.

Já a capital é La Paz. Bem, não é mais uma capital e sim uma sede política. De qualquer forma, é o ponto de partida ou chegada para muitos turistas. Por lá tem uma feira local muito conhecida e é o melhor lugar para o turismo também.