Saiba onde ficam os 7 museus vikings europeus para conhecer

A Era Viking foi marcada por ser algo como “primitivo”. Mas, atualmente, a gente vê que essa Era foi muito importante para o desenvolvimento do mundo. Por isso, os museus vikings são tão importantes para muitos países e costuma intrigar os apreciadores, quase sempre turistas.

Por contar muito da história da Escandinávia, os países que mais possuem tais museus são: Islândia, Suécia, Dinamarca e Noruega. Tanto é que são nesses locais que se encontram os mais incríveis museus dessa Era que aconteceu há tanto tempo e ainda deixa curiosidades.

E já que falamos em curiosidades, saiba que os navios vikings merecem atenção porque são considerados como “notáveis” para a época em que foram construídos. A técnica de construção foi importante para a expansão do povo.

1 – Museu Nacional da Islândia

Esse museu fica na capital do país, chamada de Reykjavic. Assim sendo, é um lugar incrível para conhecer a história dos vikings. Inclusive, se você assistiu a série vai saber muito bem do que estamos falando agora.

O assentamento norueguês na ilha é importante para quem quer ver, de perto, o barco que trouxe os colonizadores durante a arte viking. Nele também dá para aprender sobre os guerreiros, geografia e também sobre a ilha.

ANÚNCIO

Inclusive, você vai aprender muita coisa sobre a transição do paganismo ao cristianismo. Para os curiosos, saiba que lá está a estatueta de Thor, junto ao seu martelo.

2 – Museu de História da Suécia

Na capital sueca também está um dos museus vikings para conhecer. Em Estocolmo você vai poder ver um dos maiores museus do país e que tem rica exposição com mais de 10 milhões de objetos relativos à história.

Assim sendo, grande parte deles vem dos guerreiros nórdicos medievais. Inclusive, você também vai poder ver tesouros, armas e até mesmo os artefatos das batalhas. Aliás, são peças usadas na Batalha de Gotland, que aconteceu no ano de 1316.

O museu fica aberto e permite até que o turista faça um pão à moda viking. Isso durante o verão, que é quando há uma programação especial. Nessa época do ano, também dá para usar arco-e-flecha, se colocar como um ferreiro e até mesmo fazer piquenique.

3 – Museu Nacional da Dinamarca

Esse próximo museu que fica em Copenhague conta muito do recorte da história onde os dinamarqueses invadiram a Inglaterra, a França, a Espanha e a Holanda. Aliás, conta sobre os reinados também.

Mas, o grande destaque está para o conjunto de tesouros que vem da época medieval, contando com joias e moedas de pratas. Os pingentes de martelo, que são de Thor, fazem o maior sucesso por ser uma representação da mitologia nórdica.

4 – Museu de Moesgaard da Dinamarca

Esse também é um dos museus vikings de respeito que a gente pode encontrar ao redor do mundo. Ele fica em uma floresta, para se ter ideia. Assim, acaba sempre fazendo exposições de vários objetos, como esqueletos de escravos ou corpos que são preservados. Além de pentes.

Perto dele existe uma reconstrução de uma colônia viking, o que torna o passeio ainda mais maneiro. É incrível e vale muito o passeio.

5 – Museu do Navio Viking na Noruega

Na Noruega também tem um museu de viking. Assim sendo, o foco está em um navio longo, que é chamado de langskip. Eles foram de grande utilidade antes de os guerreiros britânicos causarem temor e é quando os vikings dominavam todo alto-mar.

No museu há um espaço que também possui demonstrações de antigas embarcações escandinavas. Um deles é o Navio Oseberg, que tem mais de 21 metros de comprimento e foi encontrado em 1904 com vários móveis, como camas e roupas. Além de dois corpos.

Outra embarcação de destaque é a de Gokstad, descoberta em 1880.

Destinos de Viagem – conheça 5 cenários de séries para conhecer neste ano

6 – Museu Viking de Lofotr na Noruega

De novo, a Noruega. Saiba que temos mais um dos museus vikings nesse país. Inclusive, a ideia desse museu de Lofotr é a de levar os visitantes de volta aos vilarejos vikings. Por isso, até uma casa foi reconstruída a partir de um chefe local.

Para quem assistiu a série da History Vikings, esse chefe foi representado por Haraldson. Por lá dá para ver o trabalho dos ferreiros, ver os passeios de carruagens e até mesmo navios semelhantes aos que existiram naquela época.

O lugar é muito legal e dá até para praticar atividades como arremesso de machado ou arco-flecha que eram duas atividades muito comuns dos guerreiros da época. Na parte da alimentação tem tudo o que é típico da Era, como sopa de cordeiro, hidromel e javali.

7 – Museu Viking de Ladby na Dinamarca

E para terminar mais um museu que fica na Dinamarca, que é o centro de estudo da história viking no mundo todo, né. Esse museu fica na colina e permite ter uma vista maravilhosa da Ilha de Funen.

Assim, você poderá encontrar mais de 1 dezena de túmulos vikings dos anos de 950, além de escavações e restos de um barco de 22 metros. O Ladby é um dos barcos grandes, que foi construído em 920.

Apesar de não termos criado um tópico para falar dele, saiba que existe ainda, também na Dinamarca, o Museu de Lindholm Hoje. Ele é uma parte do Museu Histórico da Jutlândia do Norte e tem espaços de convívio social de um cemitério viking, com 700 sepulturas.

ANÚNCIO