Open Jaw – saiba como economizar na viagem com os múltiplos destinos

Você sabia que hoje em dia dá para comprar uma passagem aérea de ida e volta em um mesmo bilhete aéreo? Isso considerando que pode ser uma ida para uma cidade e o retorno para outra cidade, diferente. Mas, como fazer isso? Através do open jaw.

Aliás, a grande vantagem de fazer esse tipo de compra é que você não paga mais caro por isso. Ao contrário, muitas vezes, os seus voos podem sair mais baratos. Por isso, o assunto é de interesse de muitos viajantes. Conheça mais da possibilidade.

Além de explicar o que é o open jaw também vamos trazer alguns exemplos práticos para que você entenda como isso funciona na prática.

O que é open jaw

Resumidamente, podemos dizer que o open jaw é quando um passageiro compra uma passagem de ida e volta no mesmo bilhete. No entanto, isso pode acontecer mesmo que ele não tenha retorno para a mesma cidade de onde partiu na origem.

Basicamente, o open jaw vai acontecer quando a origem é diferente da volta ou do destino. Temos vários exemplos para explicar isso. Consideramos os principais deles.

ANÚNCIO

Open jaw simples

São Paulo x Nova Iorque > Miami x São Paulo

Nesse caso, temos o que é chamado de open jaw simples, que é o retorno para uma cidade diferente do desembarque na ida. O exemplo é muito comum no Brasil, quando os turistas daqui vão conhecer os Estados Unidos.

Mas, considere que o trajeto entre Nova Iorque e Miami não foi citado. Portanto, ele é de total responsabilidade do viajante.

Open jaw intermediário

No caso intermediário, o que acontece é que o trecho intermediário está incluído no tíquete aéreo. Então, podemos pensar em uma origem no Rio de Janeiro e passagens por Paris e Madrid. Confira.

Rio de Janeiro x Paris > Paris x Madrid > Madri x Rio de Janeiro

Open jaw duplo

A última opção que temos aqui é o duplo. Nesse caso, a origem e os destinos são diferentes em todos os trechos.

Brasília x Panamá > Aruba x São Paulo

Observando que o trecho entre Panamá e Aruba é de responsabilidade do viajante, obviamente. Mas, de qualquer modo, dá para ter na mesma passagem esses caminhos citados acima, o que barateia bastante o custo com as passagens.

Onde comprar as passagens open jaw

Atualmente, o usuário tem vários canais de comunicação para a compra desse tipo de passagem. Por exemplo, pela internet, que é bem comum porque permite uma pesquisa mais ampla por preços promocionais.

Assim sendo, dá para buscar por múltiplas cidades em sites de companhias aéreas, agências virtuais e até mesmo plataformas de viagens. Além do mais, você pode comprar presencialmente também, em central de vendas de companhias aéreas ou agentes de viagens.

No entanto, é muito importante que se observe as opções de voos, datas e preços. Assim, tudo tem que estar de acordo com o seu roteiro de viagens. Em caso contrário, você poderá ter dores de cabeça e gastar mais do que gostaria.

O legal é ver que em alguns casos, o open jaw pode ser aproveitado através de preços com descontos. Nesse caso, a melhor forma de comprar é pela internet, que permite as pesquisas online o tempo todo.

O passo a passo para comprar open jaw

Se você gostou dessa opção é provável que queira saber como comprar esse tipo de passagem. Então, vamos considerar uma viagem para os Estados Unidos. Você tem que fazer a pesquisa que liga a sua origem ao destino.

Depois, você simula a opção de múltiplas cidades ou trechos similares. Lembre-se que quanto mais simulações você fizer, melhor para ter uma ideia das passagens. Logo, você vai notar quando houver mudança no valor da tarifa.

Conheça 3 ferramentas para encontrar voos mais baratos no Skyscanner

Sendo que pode haver taxas diferentes para cada cidade dentro de um mesmo país. Logo, é importante testar a sua ida para várias cidades. O resultado é que você pode ter um roteiro baseado nessa variação de destino para economizar no voo.

No caso dos Estados Unidos, você vai ver que existe variação no preço de uma passagem de São Paulo para Miami, Orlando e Nova Iorque. Então, se você pretende conhecer os 3 destinos pode optar por ir primeiro no que for mais barato.

Os cuidados

Também precisamos mencionar aqui que muitas plataformas não permitem o open jaw quando os embarques são diferentes. Por exemplo, do Brasil para a Ásia e depois da Ásia para os Estados Unidos. Como se trata de continente diferente, isso pode não ser possível.

Por outro lado, se você tem boa flexibilidade para viajar pode encontrar no open jaw uma ótima forma de economizar dinheiro com os voos. Ainda mais quando você observar que não há valores a mais para pagar nesse tipo de voo, porque ele também tem taxas de passagens.

Outro ponto importante é que você pode comprar esse tipo de bilhete com milhas ou pontos, com base no seu programa do cartão de crédito. Sendo que cada programa desse tem suas regras e é preciso conhece-las.

Uma última dica, que vale como cuidado, é para o fato de que você pode fazer o open jaw até mesmo em viagens domésticas, ou seja, nacionais. No entanto, nem sempre a companhia vai te oferecer um desconto por isso. Sendo o mesmo que comprar passagens separadas.

ANÚNCIO