Aprenda como criar uma planilha financeira para viagens

O planejamento financeiro é algo imprescindível para quem quer fazer uma viagem mais tranquila e com dinheiro no bolso. Porém, nem todo mundo sabe como criar esse planejamento. Assim, uma boa ideia acaba sendo a planilha financeira para viagens.

E se você não sabe como fazer uma, não se preocupe. Criamos este conteúdo bem focado nessa produção. Você só precisa abrir uma planilha do Excel no seu computador ou notebook e começar a organizar os dados e as categorias da sua viagem.

Além do mais, não deixa de considerar que a criação desse documento é o que vai servir como base para você curtir a sua próxima viagem. Só que mais do que isso, ele também é importante para que você se motive a juntar dinheiro suficiente durante o tempo que tem.

Tanto é que todos os especialistas em finanças e os aventureiros de viagens sabem e recomendam essas planilhas para uma viagem mais concreta. Aliás, você pode usar essa produção como base, mas depois você organiza o documento com base no seu perfil.

O destino de viagem

Na primeira coluna você tem que ter as informações do seu destino de viagem. É assim que se começa a criar uma planilha financeira para viagens. Então, basicamente você tem que responder as perguntas: “para onde eu vou” e “quando eu vou”.

ANÚNCIO

Dessa forma, para responder essas questões você terá que preencher dados ou campos como “cidade de origem” e “cidade de destino”. Depois, também será preciso inserir a “data de ida” e a “data de volta”. Assim, você estimando o tempo da viagem também.

Inclusive, você pode fazer um diferencial aqui, que é o de inserir a taxa de câmbio do seu país de destino. Obviamente, se você for fazer uma viagem internacional, ok?

O orçamento para a viagem

Você também deverá ter um orçamento para a sua viagem. Só que como fazer um orçamento, se é justamente isso que você está buscando com essa planilha? A ideia é você ir estimando os gastos para se ter uma ideia de quanto precisa para realizar a sua viagem.

Então, crie uma distribuição de despesas que você pode ter na viagem com base em estimativas mesmo. Os resultados podem ser calculados com informações que você tem e aí você pode ir atualizando ele com o tempo.

Mas, o que eu posso considerar como gastos da viagem? São muitos gastos. Mas, a gente deve começar com aqueles mais básicos e simples. Então, crie campos para as passagens aéreas, transporte, hospedagem, alimentação, passeios.

Uma boa dica é você considerar se a sua viagem será feita sem acompanhantes, se é com a família ou com amigos ou em casal. Dessa forma, você pode optar por inserir gastos individuais ou totais. Isso vai depender do que você julgar mais interessante.

Os recursos para a viagem

Em uma última coluna, quando for criar essa planilha financeira para viagens, você tem que ter um espaço para ir anotando os seus recursos que você juntou até aqui. Aliás, isso vai ser importante para você saber quanto ainda falta para você alcançar o objetivo.

Nesse caso, você também pode criar categorias para a entrada do dinheiro. Por exemplo: 10% do salário, renda extra, benefícios (como FGTS, 13º salário, adicionais noturnos, etc).

No entanto, muito mais importante do que ir anotando o que você já tem e está conseguindo é você ter uma ideia de quanto precisará guardar de dinheiro por mês. O ideal é ser realista, sem pensar muito na sobra ou na falta do recurso.

Saiba como evitar gastos para poupar mais de R$ 24 mil no ano

Se você tem uma estimativa de gastos de R$ 12 mil para uma viagem e tem 1 ano para juntar dinheiro, então, terá que guardar R$ 1 mil por mês. Não tem muito segredo nessa conta, ok? Agora, não adianta você quer juntar só R$ 200 mensais e achar que o restante vai vir de benefícios porque isso seria arriscado demais.

Bônus – tenha foco para cumprir a sua meta!

Aprenda como criar uma planilha financeira para viagens

Se você está estudando como criar uma planilha financeira para viagens, esse é um ótimo começo. No entanto, saiba que essa é apenas a parte teórica de tudo o que vem pela frente nos seus próximos dias. Porém, isso não é tão complicado como parece.

Por um lado, você tem uma ótima teoria. Então, por outro lado, você vai saber exatamente o que fazer e como trilhar o seu caminho até que a data da viagem chegue. Mas, o que você deve saber é que o foco será determinante no seu sucesso ou fracasso nessa jornada.

E é muito simples ver como isso acontece na vida de muita gente. Por mais que elas sejam bem-intencionadas acabam cedendo aos encantos da publicidade e do consumo. Com isso, o resultado acaba não sendo o esperado.

Portanto, o que queremos dizer é que se você tem um objetivo tem que ser focado para chegar até ele. Se tem que guardar R$ 500 por mês, então, faça isso. E mesmo que haja algum deslize alguma vez, saiba levantar a cabeça e seguir adiante.

ANÚNCIO