10 coisas para saber antes de viajar para a Alemanha

Para você que vai viajar para a Alemanha, saiba que existem 10 coisas interessantes. No mínimo, elas podem te ajudar a não passar vergonha. E não é só isso. Também pode te ajudar a entender um pouco mais das leis e das regras locais.

A gente fez uma seleção bem legal com 10 curiosidades que existem na Alemanha e que o brasileiro pode se surpreender. Se você vai para as cidades alemãs, independente de quais seja, considere esses pontos.

1 – Domingo é dia de descanso

Se você vai viajar para a Alemanha tem que saber, por exemplo, que o sétimo dia é para descansar. Assim sendo, o domingo é o dia oficial do descanso e isso quer dizer muita coisa, na verdade.

Por exemplo: lojas, restaurantes e todo tipo de comércio fica fechado. Inclusive, supermercados fecham mais cedo, no máximo, as 20 horas.

ANÚNCIO

Portanto, a dica é muito importante para quem vai passar uns dias na Alemanha. Afinal, planejar nunca é demais, ainda mais quando se sabe que aos domingos quase tudo fica fechado, né.

2 – Ficar pelado é natural

Se você nunca ouvir sobre Freikorperkultur (FKK) é hora de pesquisar isso. Mas, já vamos adiantar aqui o assunto. O movimento é conhecido e muito usado na Alemanha. Basicamente, ele respeita a cultura do corpo livre.

Isso quer dizer que não é nada incomum você andar por parques ou praias ou saunas e ver o pessoal pelado, despido ou sem boa parte da roupa.

3 – O respeito às leis

Os alemães respeitam demais as leis, todas elas. Sejam as de trânsito, de pedestres, de ciclovias, de restaurantes e tudo mais. Por isso, você como turista deve fazer o mesmo.

Ou se atrasar fora da faixa correrá o risco de ser multado ou receber um processo. Além disso, passar no semáforo com o farol fechado é um erro bem grave, cuidado. O jeitinho brasileiro não é muito útil por lá, está bem?

4 – O incrível Castelo de Neuschwanstein

Agora vem uma dica para quem vai viajar para a Alemanha. Quase tudo o que você for ler sobre o lugar ou até mesmo ao falar com guias, vai ouvir sobre Neuschwanstein.

Se você não sabe, é um castelo que tem por lá, nessa cidade. O lugar é um verdadeiro cenário de filmes e fica na região dos Alpes da Baviera, bem perto da Áustria.

É uma cidade medieval e dá para fazer um bate-volta com Munique, o que é uma ótima ideia para o seu roteiro de viagens.

5 – A dificuldade em falar alemão

O brasileiro, de modo geral, costuma ter muita dificuldade na hora de falar o alemão. Isso é bem verdade e bastante comum. Aí, saiba que em cidades maiores dá para falar inglês também. Isso porque a maioria dos alemães são bilíngues.

Já quanto aos nomes de bebidas e comidas e lugares, saiba que o ideal é usar algum aplicativo de tradução que te ajude com isso.

6 – A cerveja da Alemanha é algo que já conhecemos

Muita gente que vai viajar na Alemanha acaba ficando frustrado com a cerveja de lá. Isso porque a maioria é aquela que já conhecemos, sendo clara e leve.

De modo geral, elas são pilsen e Weiss, o que quer dizer que você pode beber algo que já é vendido por aqui. Como a Paulaner e a Augustiner. Por isso, se prepare para não se frustrar.

7 – Na Alemanha tem neve

É importante saber que na Alemanha tem neve porque isso não deve te surpreender. Então, vá com roupas apropriadas. Agora, entre abril e agosto, o clima é de primavera e verão, o que pode ser não represente a neve, somente o frio.

De qualquer forma, a chuva acontece durante todo o ano. Dessa forma, na região nordeste, onde está Berlim, a precipitação é mais intensa apenas no inverso.

2ª Guerra Mundial – 3 lugares para conhecer na Alemanha

8 – Os brasileiros não precisam de visto

Esse é um dos tópicos que mais interessam os brasileiros que vão viajar para a Alemanha. E é verdade que os brasileiros que vão para lá não precisam de visto. Isso desde que eles fiquem por lá por apenas 90 dias a cada 6 meses.

Assim sendo, apesar disso, o ideal é levar alguns documentos. Por exemplo, o passaporte válido por 3 meses, uma passagem de ida e outra de volta, além do seguro saúde. Também é bem interessante levar a reserva em hotéis e o comprovante de recursos financeiros.

9 – Na Alemanha também tem o Pfand

O nome é bonito e é bem fácil entender. Pfand é o mesmo que garrafas de plástico ou de vidro que são retornáveis. É o famoso “casco”, que a gente conhece aqui no Brasil. E lá eles usam muito isso. Sendo que isso gera um bom retorno em euros.

Portanto, a recomendação é guardar essas garrafas e devolver em máquinas que você encontra nos supermercados locais. É a ideia de retornável, que a Alemanha está usando há um bom tempo.

10 – O banheiro público é pago

Outra curiosidade, que pode ser uma situação constrangedora, é que o banheiro público da Alemanha é pago. Praticamente, todos. Assim sendo, cuidado na hora de beber cerveja porque se precisar usar o banheiro muitas vezes… Já sabe.

Já em restaurantes, sempre tem pessoas cuidando desses locais. O bom é que você sempre vai ter um banheiro limpo e higienizado para usar. Por outro lado, vai acabar se sentindo na obrigação de dar o famoso “troco”, mesmo que esteja em um lugar que já é pago.

ANÚNCIO