Viagem para esquiar na neve? Conheça esses 35 termos que podem ser usados

O brasileiro adora o calor daqui. No entanto, muita gente acaba se interessando também pelo que é diferente, fora do comum. Tanto é que não é raro encontrar brasileiros que decidem fazer uma viagem para esquiar na neve – em países mais gelados da América ou na Europa.

Agora, para quem nunca fez isso antes, mas vai fazer em breve, considere conhecer alguns termos e expressões que são comuns nesses lugares. Seja em um resort de esqui, em uma conversa sobre o assunto ou até mesmo durante a prática da atividade.

Logo, fizemos um conjunto todo de termos que são interessantes. Eles vão desde significados de manobras, tipos de equipamentos ou até mesmo postura do esportista. Assim sendo, a ordem que optamos foi pela alfabética, como você verá abaixo.

1 – Alpine ski

Esse é o termo dado para a modalidade de esqui que é conhecida como mais simples e mais clássica de qualquer montanha. Aliás, isso porque ela é na descida e sempre é a mais praticada pelos turistas. Também é comum ser chamada de downhill.

2 – Aprés-ski

Esse não é um termo técnico importante durante a atividade, mas tem a ver com ela. É uma espécie de happy hour que acontece nos bares próximos as montanhas de esqui. Nesse caso, a própria roupa de neve é o vestuário mais indicado (dress code).

ANÚNCIO

3 – Balaclava

Para quem vai fazer uma viagem para esquiar na neve, esse será um termo logo usado. Isso porque ele se refere ao gorro que cobre a cabeça, o resto e vai até o pescoço. Ele é essencial na prática do esqui e fica embaixo do capacete.

4 – Binding

É outro equipamento. É o dispositivo que fica preso no centro do esqui e da prancha de snow, onde a bota fica fixada.

5 – Bowl

Esse termo é sobre a pista de esqui. Então, é aquela extensão côncava e isolada da montanha, que é onde a neve se acumula. Geralmente, os praticantes do esqui no formato of-piste usam muito dessa região.

6 – Buckles

É aquela presilha de aço que prende a bota de esqui no pé do praticante. Por isso, é outro acessório importante para a prática do esqui.

7 – Bump

Esse nome é bem mais conhecido porque não interessa apenas para as pessoas que vão realizar uma viagem para esquiar na neve e sim para vários outros esportes, como o skate. Bump é a ondulação da pista, criada propositalmente em áreas e usadas em manobras.

8 – Cable car

A expressão é sugestiva. Logo, é aquela gondola usada por dezenas de pessoas. É como o bondinho do pão de açúcar, sabe? Se você jogar na pesquisa do Google vai ver uma monte de imagens ilustrativas.

9 – Chairlift

É outro meio de transporte. Enquanto o Cable car é o bondinho, o Chairlift seria o teleférico, que é aberto com banco para até 8 pessoas.

10 – DIN Setting

Agora sim um termo técnico. Isso nada mais é do que a regulagem usada para o esqui se soltar do pé do praticante durante alguma queda. Consequentemente, isso ajuda muito a evitar contusões.

11 – Edges

Faz parte do equipamento. Logo, é a borda do esqui. Ela é feita de aço e usada em curvas para frenagens. Ao inclinar elas, você arrasta a neve e tem o movimento do freio. Vale para descidas também.

12 – Fleece

Também chamado de polar, o Fleece é o tecido de lã sintética usado em blusas intermediárias. Ou seja, é o tipo de roupa que deve estar entre a camiseta térmica e a jaqueta, obrigatórias para os praticantes de esqui em todo o mundo.

13 – Freestyle

Outra palavra usada em vários esportes, o freestyle nada mais é do que um tipo de modalidade do esqui que permite manobras livres. No entanto, é indicada apenas para quem tem experiência.

14 – Goggles

São os óculos especiais para a prática de esportes de inverno, como esqui. E ele realmente é especial, já que pode proteger os olhos da claridade, do vento e até mesmo da neve.

15 – Grooming

É uma manobra ou melhor um trabalho. É quando é preciso aplainar a neve para a prática do esqui. De modo geral, são trabalhos feitos por tratores e costuma acontecer durante a noite. Portanto, se você ver a pista e ela tiver aquelas listras, então, possivelmente houve o groomed.

16 – Heli skiing

É uma espécie de “acontecimento”. Isso porque é o nome dado para quando um esqui está fora das pistas, mas em locais que só podem ser alcançados por helicópteros.

17 – Icy

É quando a pista está com neve empedrada. Congelada. E isso é um problema grande. Além do mais, o termo também pode se referenciar as superfícies das calçadas, onde a neve derreteu após o congelamento e agora está escorregadia.

18 – J-bar e T-bar

Outro assunto interessante para conhecer durante a sua viagem para esquiar na neve tem a ver com esses dois nomes. É quando o esquiador fica apoiado em um cabo, deslizando sobre a prancha. É o famoso teleski ou surface lift.

19 – Slope

Com certeza, você vai ouvir muito falar dessa expressão. Então, é importante você entender o que ela significa. Portanto, slope é a encosta, a parte esquiável, o declive da montanha.

20 – Snowboard boots

Outro nome sugestivo. Agora, temos algo parecido com as botas de esqui. Logo, isso quer dizer que elas devem ser de borracha, de plástico e de tecido. Além de terem cadarços elásticos e flexíveis. Portanto, são diferentes e usadas para caminhadas longas e nas ruas.

Continua…

Viagem para esquiar na neve

Está gostando desse material sobre os termos que podem ser usados durante uma prática de esqui na neve? Então, continue lendo porque temos o restante das palavras em um próximo conteúdo.

Clique aqui para ler a próxima matéria e a continuação das palavras.

ANÚNCIO