As 3 cidades com valor de passagem aérea mais cara do Brasil

66

O município de Eirunepé, que fica no estado de Amazonas, se tornou conhecido nos últimos dias em todo o país. Mas, infelizmente, não foi por um bom motivo. Isso porque o lugar foi considerado aquele que tem o valor da passagem aérea mais alto do país.

As informações foram reunidas em um estudo feito pelos Indicadores do Mercado de Transporte Aéreo, que é da organização da Agência Nacional de Aviação aqui no Brasil, a Anac.

Confira também outras regiões que são consideradas bastante caras para viajar, ao menos do ponto de vista do valor das passagens aéreas, lembrando que as operações podem acontecer por várias companhias, como Gol, Azul, Latam, etc.

A pesquisa da Anac

A pesquisa da Anac considerou o preço das passagens aéreas no ano de 2018, sendo que levou em conta os bilhetes que foram vendidos por todas as companhias áreas de janeiro à novembro.

O ranking das cidades mais caras

Como já vimos no início do texto, o topo da lista começa por Eirunepé, no Amazonas. Lá, o valor médio da passagem aérea é de R$ 865,73.

Depois, Cacoal, em Rondônia, foi considerada a 2ª região com o valor da passagem aérea mais cara do Brasil, com valor médio de passagem de R$ 827,25.

Na última posição desse ranking aparece Carauari, que também fica no Amazonas. Um dos motivos é que essa cidade só é atendida pela empresa MAP, o que é considerado um monopólio, que pode influenciar no preço da passagem.

O valor médio do bilhete aéreo nessa cidade é de R$ 817,04.

E ainda há nomes de cidades que também são caras, como Vilhena. Fernando de Noronha, que é uma cidade considerar mais cara também, teve um tíquete com valor médio de R$ 655,55.

Lembrando que no geral, o país tem um valor médio de passagens aéreas que ficam em menos de R$ 370.

Como economizar nas passagens

Hoje em dia existem várias estratégias para economizar dinheiro ao comprar passagens aéreas.

Primeiro, muito se fala em mudanças no governo e nas empresas para que se crie mais companhias áreas regionais e aumente a competitividade do setor, lembrando que em algumas cidades citadas apenas uma companhia opera.

Outras dicas tem a ver com o consumo e a pesquisa dos consumidores. Por exemplo, comprar a passagem antecipadamente e pela internet podem resultar em bons descontos, mesmo porque há sites que permitem isso e sem cobrar nada pela pesquisa.

Como pesquisar online

Uma boa recomendação é encontrar sites que são focados na busca por passagens mais baratas. Há plataformas online e aplicativos gratuitos que permitem isso. Geralmente, basta um cadastro para começar a pesquisa.

Aí, dá para aproveitar e usar as milhas áreas também, mudar os destinos, os dias de partida ou chegada, a companhia aérea e muitos fatores que podem baratear o custo da passagens.