Aprenda a tirar passaporte de bebê para viajar para o Canadá ou outros países

Na hora de viajar para o Canadá, será que é preciso tirar o passaporte de bebê ou só os adultos precisam? Aliás, para viajar para qualquer país, muita gente tem dúvidas sobre o uso do passaporte. Hoje, nesse artigo, falaremos do passaporte para bebês.

Ainda aqui na introdução, já vamos trazer uma informação importante que todo mundo que vai viajar para o exterior tem que saber: todo bebê precisa de um passaporte. Mas, há exceções: para viagens dentro do Brasil ou do Mercosul, a certidão de nascimento é suficiente.

Portanto, apenas se você for para outros continentes ou para países fora do Mercosul é que vai precisar tirar o passaporte do seu recém-nascido. E tem mais um detalhe: a validade do passaporte infantil tem um tempo menor de validade.

Isso quer dizer que não vale a pena tirar com muita antecedência. Logo, o ideal é pensar em conseguir o documento quando a viagem estiver mais próxima de acontecer. Curiosamente, esse passaporte vale por 1 ano (para crianças menores do que 1 ano de idade).

Como emitir o visto para o Canadá

Aqui no blog, há algum tempo, a gente já criou uma matéria para falar sobre como emitir o visto para o Canadá, você leu? Se não viu ainda, saiba que pode fazer isso agora: Descubra de que forma emitir o visto para o Canadá.

ANÚNCIO

De qualquer modo, se você quiser um resumo, saiba que é preciso da autorização eletrônica da viagem ou tem ainda o visto tradicional. E na matéria a gente explica ainda o que é o TRV (Temporary Residente Visa) e o eTA. Leia para saber mais.

Agora, se você já sabe do visto para o Canadá, então, o próximo passo é a gente falar do passaporte para bebê. Bora lá entender melhor esse processo?

Como tirar o passaporte de bebê

Para que esse conteúdo se torne fácil de ler, a gente fez uma espécie de passo a passo. Você vai ver que o processo é muito parecido com o processo de tirar passaporte para adultos. Assim, há pequenas diferenças, as quais vamos mencionar abaixo, leia.

O processo

Esse primeiro passo serve para você entender quais são as etapas do processo para tirar o passaporte de bebê. Assim, é necessário entrar no site da Polícia Federal para requerer o passaporte. Depois, você vai solicitar a emissão do documento.

Ainda nessa etapa, você deve preencher os dados e pagar a guia, que é gerada no fim do processo e fica na média dos R$ 250. Após o pagamento, é preciso agendar o atendimento presencial e o bebê deve comparecer com os pais.

Atenção: se um dos pais não puder ir, então, vai ser preciso uma autorização com firma reconhecida do ausente.

E nessa visita agendada, lembre-se de levar todos os documentos necessários. Sendo eles: foto 5×7 (adultos tiram fotos na hora, bebês não), formulário de autorização do passaporte com assinatura dos pais. E ainda tem a certidão de nascimento, RG, CPF, comprovante de pagamento.

Depois da visita será agendada uma próxima data para a retirada do passaporte. Nesse caso, o bebê não precisa ir.

O formulário

A gente falou do formulário acima e de como conseguir ele, que é online. Porém, muita gente tem algumas dúvidas sobre o preenchimento e a importância do documento. Então, criamos esse tópico para falar de forma mais detalhada.

A autorização que pode ser solicitada online vai ser impressa no passaporte da criança. Assim, ela pode permitir diversas informações e serviços, que são opções a serem escolhidas pelos pais. Por exemplo, a permissão da viagem do bebê com um dos pais ou com ambos.

Também dá para escolher uma opção que permite que o bebê viaje desacompanhado dos pais. Ou ainda tem a opção de fazer o passaporte sem a autorização. Mas, para toda nova viagem, uma nova autorização tem que ser emitida.

O tipo

Outra dúvida comum que muita gente tem é sobre o tipo de passaporte que os bebês devem emitir. E aqui não há muito segredo: quase sempre é aquele azul marinho, que é feito na Polícia Federal ou pelas embaixadas.

Então, exceto de acontecer algo fora do comum é que se vai conseguir e emissão de outros tipos de passaportes. Por exemplo, existe o “passaporte de emergência”, que é para casos extremos da administração pública.

Já o “passaporte oficial” é muito pouco conhecido e ele também é para a área pública. Tem ainda o diplomático, que é vermelho e é para presidentes ou ex-presidentes. E tem o “passaporte de estrangeiros”, que é amarelo e o “laissez-passer”.

Bom, se você quiser saber os detalhes de cada um desses tipos de passaportes, saiba que temos uma matéria que explica os detalhes: Saiba quais são os principais tipos de passaportes brasileiros.

A perda

Para fechar, a gente também quer falar aqui sobre a perda do passaporte do bebê, que pode acontecer, apesar de ser algo que ninguém deseja que aconteça. Mas, como todo pai e mãe sabe, os imprevistos acontecem, ainda mais com bebês.

tirar passaporte de bebê

De modo geral, quando se perde um passaporte, sabe o que tem que fazer? Um novo documento. Mas, antes de qualquer coisa, independentemente de onde você esteja, saiba que é imprescindível fazer um boletim de ocorrência sobre o acontecido.

Mas, e se você estiver em outro país, como fazer o novo passaporte? Nesse caso, dá para pensar em ter o ARB (um documento que autoriza o seu retorno ao país de origem). E isso precisa ser solicitado na embaixada do Brasil. A gente tem um artigo que explica isso.

ANÚNCIO