Aprenda de que forma tirar o visto para Omã, no Oriente Médico

26

Se você entrou neste conteúdo é porque já sabe porque Omã é um país muito acolhedor para turistas. Talvez, um dos mais acolhedores de todo Oriente Médico. Agora, se você não sabe disso, fique tranquilo que vamos falar mais. Inclusive, vamos falar também sobre como tirar o visto para Omã, que é importante para a entrada de turistas de forma oficial.

Para início de conversa, saiba que Omã é hospitaleiro enquanto pessoas, mas também porque o seu governo local tem regras simples para entrada no país. E o Visto, adivinhem só, é a principal porta de entrada de brasileiros por lá.

Para turistas que vão para o país em busca de novas experiências, considere que em poucos dias dá para aproveitar o lugar. Inclusive, a praia. Aliás, você não pode deixar de visitar a mesquita Sultão Qaboos, que fica aberta apenas até as 11 horas para turistas. Mas, em outro artigo vamos falar mais sobre os pontos turísticos em Omã.

E sem demorar mais, vamos direto ao ponto!

PROPAGANDA

Os tipos de vistos para Omã

Antes de a gente chegar em como tirar o visto para Omã, a gente vai falar sobre os tipos de documentos que existem.

Visto de Entrada Única

O visto de entrada única é o mais usado. Ele é para quem vai fazer turismo ou negócios em Omã. E, como vamos ver abaixo, pode ser solicitado pela internet ou mesmo quando a pessoa chega no país do Oriente Médio.

No aeroporto, dá para optar por aquele que tem a ver com o tempo de duração da viagem. Já pela internet, dá para pedir o e-Visa, sendo que esse processo é mais lento.

O valor dos vistos é de OMR20 para os que duram até 30 dias. E, em caso de vencimento do documento, saiba que será cobrada uma multa de OMR10 para cada dia que exceda esse prazo de vencimento.

Visto de Múltiplas Entradas

Esse visto é para as pessoas que viajam para Omã com mais frequência. Ele também vale para o turismo ou para negócios. E a principal diferente é que tem o seu custo maior (sendo de OMR50) além de valer por 1 ano.

Mas, a regra é que a pessoa permaneça no país por 21 dias e volte. Já que acima desse período, ela pode ter um custo de OMR10 por dia a mais, de multa.

Visto de Trabalho

Agora, temos uma terceira opção de visto para quem vai viajar para Omã. É o visto de trabalho. Ele é obrigatório, na verdade, para quem vai trabalhar no país. E tem algumas regras bem diferentes dos vistos que citamos acima.

Primeiro, considere que tem um custo de OMR20 e que a multa em caso de atraso na renovação é de incríveis OMR50. Outra coisa é que ele é solicitado por uma empresa local, que é responsável pelas informações. E o requerimento não é feito na hora, mas somente com antecedência.

Vamos às algumas regras.

Primeiro que tem que ter uma empresa que patrocine o visto do trabalhador. Depois que a pessoa tem que ter o “work permit”, que é emitido pelo Directorate General of Labour Affairs. E é preciso apresentar fotos 4×6, cópia do passaporte e autorização do Diretorado Geral de Passaporte e Residência.

Como tirar o visto para Omã

O Brasil, Portugal e os países da União Europeia podem tirar o visto para Omã diretamente no aeroporto de Muscat ou no de Salalah. Sim, esses são os aeroportos do país e dá para tirar o visto por lá mesmo. Incrível, né? Aliás, o processo não é nada complicado, diga-se de passagem.

Por exemplo, ao chegar em Muscat, o turista tem que ir até o guichê da Travelex. Lá vai ser entregue o passaporte e o turista faz o pagamento do visto. Inclusive, tem caixas eletrônicos por toda parte do aeroporto para retirada de rials omanis!

Agora, considere que dá para usar algumas moedas estrangeiras, consideradas fortes. Mas, isso depende muito de época em que você for viajar para Omã. Aliás, se você está com problemas no pagamento, o cartão de crédito internacional também é aceito.

Após esse pagamento, o turista deve ir para a fila da imigração. E lá serão analisados os documentos. E lá também vai ser carimbado o visto de entrada no país. Isso tudo não dura muito, sendo um processo rápido e com o acolhimento do povo de Omã.

Curiosidade – Acordo de Vistos

Para terminar este conteúdo bem legal sobre como tirar o visto para Omã vamos ver a curiosidade do acordo de vistos que é feito com Catar e Emirados Árabes. Ele não vale para Abu Dhabi e nem Sharjah.

Mas, a ideia é que exista um turismo entre os países: Omã, Emirados Árabes e Catar. Assim, o visto é comum para todos os países citados. Porém, tem um ponto negativo que pouca gente sabe. Os brasileiros que tiram o visto para Omã não podem participar do acordo entre os países.

Isso quer dizer que o brasileiro que vai para Omã e para o Emirados Árabes ou Catar vai precisar de mais do que um visto de turista.

Já sobre o visto para os Emirados Árabes, a gente criou um conteúdo que fala exatamente sobre isso. Existe lá uma espécie de passo a passo e se você tiver o interesse em aproveitar o passeio, saiba como tirar o seu documento.

Já sobre o visto para o Catar, a gente vai criar um novo conteúdo para falar disso. Mas, de modo geral, saiba que até os hotéis locais te ajudam com isso.

PROPAGANDA