Saiba qual é o roteiro da Estrada Real, em Minas Gerais

Durante o período do Brasil Colônia, a gente tinha uma rota que era chamada de Caminho do Ouro ou Caminho Velho. Assim, como sabemos hoje esse trajeto era marcado por um roteiro da Estrada Real, focados na Coroa Portuguesa.

Atualmente, muita gente quer conhecer e fazer esse mesmo trajeto. Assim, a gente tem que saber que tivemos algumas mudanças. Por exemplo, a Vila Rica hoje é Ouro Preto. No entanto, dá para considerar praticamente todas as cidades que ligam Minas Gerais até Rio de Janeiro.

No entanto, o nosso foco está em citar o roteiro da Estrada Real pensando em cidades mineiras, ok? E já até começamos a fazer isso hoje no artigo de ontem. Lá, nós citamos uma parte das cidades, como Ouro Preto, Nova Era, Mariana e outras.

Agora, vamos continuar falando das outras cidades, como Congonhas, Sabará e Rio Acima. Resumidamente, se você quer ler o artigo de ontem, clique aqui. Se já leu, veja as próximas cidades mineiras que também fazem parte do Caminho do Ouro.

Congonhas

É chamada de Cidade dos Profetas. O motivo principal é que tem um grande acervo de Aleijadinho, que fica no Complexo do Santuário dom Bom Jesus de Matosinhos. E foi lá que ele esculpiu em pedra-sabão 12 profetas – todos em tamanho real.

ANÚNCIO

Tem o Jardim dos Passos também, o Beco dos Canudos, o Museu Congonhas, a Igreja de São José, Festival da Quitanda.

Itabirito

O Pastel de Angu é famoso, sabia? Tanto é que se tornou Patrimônio Imaterial da Cidade. Se você passar por lá deve visitar a Mercearia Paraopeba, que existe desde 1894. Tem ainda a Igreja Matriz Nossa Senhora da Boa Viagem.

Rio Acima

Essa é mais uma das cidades que fazem parte do roteiro da Estrada Real e muito famosa pela parte da “natureza”. Sendo assim, tem trilhas e cachoeiras imperdíveis. Entre as cachoeiras, anote aí esses nomes: do Indio, do Viana, da Tinta Roxa, da Dona Chica, etc.

Raposos

Já Raposos tem igrejas, como a da Nossa Senhora da Conceição, que foi a primeira igreja matriz de Minas Gerais antes mesmo de Ouro Preto. Muitos esportistas de mountain bike gostam de ir lá se aventurarem.

Nova Lima

Agora, Nova Lima merece destaque pelo Bairro da Quinta, de povos ingleses. E tem a Rua Santa Cruz, que é a maior em Art Déco do mundo. E está totalmente preservada. Tem o Centro de Memória Anglogold Ashanti. E igrejas? Tem também. Por exemplo, de Nossa Senhora do Pilar ou a Anglicana de Nova Lima.

Ah, o Mercado da Boca é o lugar perfeito para quem gosta de gastronomia mineira.

Sabará

E para fechar a lista de cidades não podemos deixar de falar sobre Sabará. A cidade tem uma mistura de atrações e pontos que marcam a história do caminho do ouro. Entre os alimentos temos jabuticaba, banana e ora-pro-nobis.

Já o centro, as igrejas são famosas, como a Imaculada de Sabará e a Nossa Senhor do O.

roteiro da Estrada Real

Quando fazer o Caminho do Ouro, em Minas Gerais?

E para concluir esse material que foi feito em duas partes, considere que temos um tópico a mais para falar sobre a sua próxima viagem. Porque é provável que você também queira trilhar o roteiro da Estrada Real, não é mesmo?

Considere que entre março e novembro as cidades mineiras dessa região têm vários festivais. A maioria deles acontece entre maio e agosto para sermos mais exatos. No entanto, esses também são os meses mais secos do ano e os mais frios também.

A temperatura fica na média dos 14º C e podem chegar a 28º C. Portanto, recomenda-se sempre ter uma opção de blusa que sirva como “segunda pele”. Ainda mais se você não está acostumado com baixas temperaturas.

Para conhecer mais sobre Minas Gerais

E para quem quiser saber mais sobre as cidades mineiras, considere que já fizemos algumas matérias bem diferentes aqui. Inclusive, elas podem ser interessantes para você também. Separamos as 2 mais atuais, confira alguns trechos.

5 cidades mineiras para casais fora do comum – Você sabia do Caminho do Ouro, não é? No entanto, mesmo que goste muito de Minas, talvez você esteja pensando em algo mais diferente para uma Lua de Mel ou para comemorar algum momento a dois. Logo, que tal Andradas, Aiuruoca, Santana dos Montes, Itapeva ou Extrema? Não conhece ainda? Leia.

3 principais estilos da arquitetura mineira – Ou pode ser que você tenha se apaixonado pela arquitetura mineira, a se começar pelas igrejas locais. O que você não sabe ainda, talvez, é que as cidades de lá representam vários estilos, como o Barroco, Colonial ou mesmo o Romântico. Agora, quer saber quais lugares tem esses estilos? Leia tudo.

E desse modo, a gente encerra a matéria. A gente espera, de verdade, que vocês tenham conhecido um pouco mais das cidades de Minas Gerais que cruzam o Caminho do Ouro, o Caminho Velho ou a Estrada Real. Afinal, além da história, isso é um marco para todo viajante.

ANÚNCIO