Conheça esses 7 pontos turísticos em Malaca, na Malásia

38

Malaca é uma cidade especial da Malásia. É um dos poucos lugares no mundo onde ainda existem pessoas que falam o português, vindos da época das colonizações. Agora, você conhece os pontos turísticos em Malaca? A gente te ajuda com algumas dicas.

Fizemos uma seleção que começa por pontos mais religiosos, que você não vai se arrepender de conhecer. Mais para o final tem o cartão postal da cidade, além de algumas curiosidades. Saiba mais sobre o que fazer em Malaca na sua próxima viagem à Malásia.

1 – Christ Church

Isso não depende da sua fé. E, com todo respeito, saiba que se você visitar Malaca, com certeza, vai querer passar na Christ Church. Isso porque esse é um dos cartões postais da cidade Malásia.

A igreja anglicana é do século 18 e isso já indica uma história e tanto. Agora, saiba que tem mais. É a igreja protestante mais antiga que ainda está em funcionamento de todo país.

PROPAGANDA

Aliás, sobre a construção, ela se deu logo após os holandeses ocuparem a cidade, botando os portugueses para correr. Quer saber mais sobre essa parte histórica? Veja o texto que produzimos sobre essa cidade tão incrível para nós portugueses.

História – saiba porque em Malaca, na Malásia, tanta gente fala português

Bom, o fato é que a Christ Church é um lugar de culto, de fé e que fica na Colina de São Paulo.

2 – The Stadthuys

O nome é bem diferente porque se trata de uma antiga escritura dos holandeses. Deu para ver como a Holanda é importante para Malaca, né? Bom, então, essa grafia significa algo como “prefeitura”.

E essa prefeitura é um dos pontos turísticos em Malaca que você deve conhecer. Isso porque a estrutura também é histórica e fica bem no coração da cidade. O lugar todo é conhecido por ser uma Praça Vermelha.

Assim sendo, o que você verá por lá é uma igreja com um exterior vermelho e com uma torre relógio. Ela foi construída em 1650 para ser um escritório do governador da Holanda. Hoje é o Museu de História e Etnografia da região.

3 – St Paul’s Church

Essa não é uma construção da Holanda. E sim dos portugueses, que fizeram a “obra” em 1521. A capela fica, também, na Colina de São Paulo e de lá dá para ver uma vista incrível da cidade.

Infelizmente, nem tudo foi preservado e hoje a capela está em ruinas. De qualquer forma, há uma escadaria para se chegar ao topo. E como fica bem perto da Christ Chuch dá para fazer um passeio por lá também.

4 – Cheng Hoon Teng Chinese Temple

E para fechar essa parte religiosa dos pontos turísticos de Malaca, vamos falar sobre o Cheng Hoon Teng. Esse é um templo chinês que pratica várias doutrinas, como o taoísmo, o confucionismo e o budismo.

O templo é pequeno, mas representa todo país asiático, sendo uma obra prima da China. Assim, dá para ver que além dos portugueses e holandeses, a China também tem a sua importância em Malaca.

5 – Melaka Straits Mosque

Essa poderia ser a nossa primeira citação, de tão incrível que é. Mas, deixamos para o meio do texto para separar a parte religiosa dos pontos turísticos.

Então, Melaka Mosque é chamada também de Mesquita Flutuante. Ela foi construída sobre palafitas acima de um mar. É algo novo perto das construções que citamos até aqui, sendo inaugurada em 2006. Hoje, é o cartão postal de Malaca.

O fato é que fica um pouco mais distante de todas as outras atrações citadas. Ainda assim, o passeio vale a pena pela beleza. De qualquer forma, do centro até a mesquita não dá mais do que 40 minutos à pé.

Agora, cuidado com as regras, tá bom? É preciso estar com a cabeça e os ombros cobertos, se você for mulher. Além do vestido longo e do chador, que é como um véu.

6 – Museu Marítimo de Malaca

Esse não é o cartão postal de Malaca, mas é um dos passeios que você vai fazer, com certeza, porque está entre os mais conhecidos. O Museu é uma réplica do navio português que afundou por lá.

E nele dá para ver toda a história da marinha da cidade, sendo que o navio tem 34 metros de altura por 8 de largura.

7 – Famosa Fort

Por último, como não poderia deixar de faltar, um dos pontos turísticos de Malaca dos mais conhecidos também. A herança agora é portuguesa, de novo, né. E o Forte foi construído após Portugal tomar o lugar para si. Fica na Colina de São Paulo também.

E isso tem um quê de história. O Forte foi construído porque era para ser uma base estratégia entre Portugal e a China. Acabou que isso não deu muito certo e hoje o lugar está arruinado. Quase que literalmente. Mas, dá para ver algumas partes intactas, como a Porta de Santiago.

Bônus: Menara Taming Sari Melaka

Apesar de já termos listados os 7 pontos turísticos mais famosos de Malaca, encontramos também outro que merece a sua atenção. Ele pode ser uma espécie de coringa para a sua viagem à Malásia.

É uma torre de 80 metros que lembra a Nave da Xuxa, se é que você sabe o que é isso. Bom, ela tem vista panorâmica para a cidade toda e o ingresso custa R$ 25.

Ah, e você também pode visitar o Rio Melaka, que é bem famoso na cidade. Ou mesmo a Jonker Street, que é uma espécie de Chinatown em Malaca.

PROPAGANDA