O que fazer em Fez, no Marrocos? Pense nesses 5 lugares turísticos

Fez é uma cidade marroquina muito importante para todo povo árabe. Ela fica no centro-oeste do país e tem pouco mais do que 1 milhão de habitantes. É considerada a 2ª maior cidade do Marrocos e existe desde 789. Mas, o que fazer em Fez? Encontramos 5 lugares incríveis.

Até mesmo porque Fez tem uma importância histórica muito grande, sempre que já foi considerada a capital do país várias vezes.

Curiosamente, nos últimos anos, a cidade foi destaque no assunto do turismo. O motivo tem a ver com as mais variadas manifestações culturais que acontecem por ali. Por exemplo, o Festival de Fez de Músicas Sagradas do Mundo, que acontece em Junho.

Além disso, temos as mesquitas, as muralhas, os castelos, as ruas estreitas e tudo mais que faz dessa região ser um “verdadeiro labirinto medieval”, como os historiadores gostam de falar.

O que fazer em Fez

Antes de listarmos os 5 lugares que encontramos e vale a pena conhecer, saiba que a cidade é dividida em 3 partes. Assim, Fez-a-Velha é o bairro mais antigo, sendo edificado pelos Idríssiadas no final do século VIII.

ANÚNCIO

Tem ainda Fez-a-Nova, que foi edificada no século XIII pelos Merínidas. Hoje, é a cidade administrativa e real, onde fica o rei marroquino em certas ocasiões. Te temos ainda a Fez cidade nova, que foi edificada pelos franceses durante o protetorado. É a área mais moderna.

1 – Escola Islâmica Madraça Bou Inania

Ir até Fez e não passar na Escola Islâmica seria um grande erro. Isso porque ela fica dentro da Medina e funciona como uma Mesquita. Sendo assim, é a única que possui um minarete para anunciar as chamadas da reza.

O portão de entrada é lindo e a arquitetura interna é feita com azulejos coloridos, gesso, madeira, mármore e tudo mais que vem dos Mirínidas, que foram os reinos da cidade no século XIII. Ela é a última construção do império e a mais importante de todo Marrocos.

2 – Os curtumes coloridos

Com certeza você vai querer passar por esse lugar porque você já deve ter visto em algum filme, série ou novela (como no O Clone, da Rede Globo). É aquele lugar onde há várias imagens que temos na cabeça, formando o principal cartão postal da cidade.

O passeio permite a ida até uma loja de couro para conhecer as técnicas artesanais de centenas de anos atrás, que são passadas de geração em geração. Por lá, você sente o cheiro de fezes de pombo, que é amenizado pelos ramos de hortelã.

E tem ainda o passeio pela loja que comercializa as bolsas, os sapatos, os casacos, as mochilas. Ah, sobre a visita naqueles tanques coloridos, você verá tudo de cima, que faz acontecer um panorama incrível sobre o tratamento do couro.

3 – Fábrica artesanal de azulejo

Sobre os pontos turísticos de Fez também deve considerar essa fábrica porque os azulejos fazem muito sucesso por lá. A fábrica tem milhares de peças coloridas e desenhadas. Aliás, a visita é toda guiada e os guias explicam cada detalhe do processo desenvolvido.

4 – Medina

Acima, no primeiro tópico a gente falou da Escola Islâmica, que fica na Medina. Mas, saiba que a própria Medina vale o seu passeio. Inclusive, ela é a grande cereja do bolo de quem vai fazer uma viagem para o Marrocos.

Como dizem os turistas que passam por lá, esse é o “coração da cidade”. É lá que está a principal identidade daquela comunidade. É considerado o maior centro histórico do mundo árabe, que está intacto dentro de enormes muralhas.

As ruas parecem ser infinitas e sempre muito movimentadas. A diferença para Marrakech é que não passam motos. Mas, passam os burrinhos com cestos de mercadorias, ok? Em cada beco há um cheiro: como de doces, de perfumes, de azeitonas.

5 – Bairro Judeu

Há um bairro judeu lá que é bem interessante. O lugar é tomado por lojas. Portanto, é um verdadeiro ponto comercial de Fez. A rua principal tem construções diferentes e os produtos comercializados são dos mais variados, especialmente os figos, tâmaras e damascos.

Bônus – Universidade de Kairaouine

Essa é considerada a universidade mais antiga do mundo. E isso já um motivo bastante interessante para você conhecer, não é mesmo? Saiba, porém, que você só poderá passar na porta, já que a entrada é restrita apenas aos cidadãos muçulmanos.

Por isso mesmo não está na lista do que fazer em Fez. De qualquer modo, vale a história: ela foi fundada em 859 e tem uma fachada tomada por lojas e tendas. A construção é da Era de Ouro do Islã.

O que fazer em Fez

Ah, e se você ainda ficou com dúvida sobre o que fazer em Fez, então, dá para pensar ainda em outros pontos turísticos que podem ser atrativos para você: os jardins do Palácio Real. Isso porque o Rei tem um palácio em várias cidades do país e não fica em um único lugar.

Conheça 10 cidades gastronômicas do mundo para conhecer neste ano

Isso quer dizer que o Palácio Real, possivelmente, não estará aberto para visitações. Ainda assim, eles liberam os jardins para os turistas tirarem fotos da fachada local. Ah, tem uma regra: nada que é ligado ao exército ou a polícia pode ser fotografado, ok?

ANÚNCIO