História – saiba porque em Malaca, na Malásia, tanta gente fala português

Talvez você nunca saiba disso, mas ao estudar uma viagem para a Ásia vai acabar descobrindo. Descobrindo que em Malaca, na Malásia, muita gente fala a língua portuguesa. Agora, por que será que isso acontece? É o que vamos descobrir.

E vamos descobrir isso porque vamos estudar a história do país, da nação da língua. Afinal de contas, se algum dia da sua vida você for visitar a Malásia, com certeza, vai querer passar por Malaca. O lugar é incrível e um dos poucos da Ásia onde dá para se virar falando apenas português.

História – saiba porque em Malaca, na Malásia, tanta gente fala português

Abaixo, a gente separou alguns itens que são importantes para você conhecer mais a cidade do país. Mas, também trouxemos história e cultura, que são contadas e nos explicam algumas coisas bem legais desse país tão incrível.

A história

Tudo começou com a ocupação de portugueses na Malásia. Isso aconteceu porque, como era comum, havia o domínio de países sob outros. Isso rendeu bons frutos ao Rei Manuel I.

ANÚNCIO

A conquista da cidade Malaca se deu em 1511. E isso foi uma festa só para os lusitanos.

E o que pouca gente sabe é que o vice-rei, Afonso Albuquerque, foi quem comandou, com mais de 1 mil homens o lugar. Ao todo foram usados mais de 17 navios, o que foi suficiente para capturar todo o território local.

Quem saiu perdendo nessa briga foi o sultão Mahmud Shah. Ele até tentou, mas apenas com elefantes sendo suas principais armas de ataque, o fracasso foi certo.

Assim, Portugal entrou com tudo no lugar. Lembrando que, historicamente, Portugal tinha um caminho a passar pela China, que era um porto local bem forte. E isso tem nome: Estreito de Malaca. Daí, o motivo para invadir e tomar o lugar.

Descubra esses 7 países para conhecer no Sudeste Asiático

Para quem não sabe, a ligação entre o oceano Índico e Pacífico era um dos pontos mais importantes do século 16.

Só que isso não deu muito certo. Vamos encurtar a história aqui. A administração portuguesa não foi das melhores. E nada de comércio como se esperava. Aí que em 130 anos, depois de tanto receber ataques da sucessão de Shah, Portugal se deu por vencido.

Com a ajuda de holandeses, os sultões venceram e fizeram dos holandeses os novos dominadores locais. Mas, isso foi até 1795, quando os ingleses ficaram com o lugar.

O português

Está certo, a gente viu tudo isso e entendeu boa parte da história de Malaca, na Malásia. Mas, e o português? Bom, o fato é que até hoje ele está presente em Malaca e isso se deve à esse ponto marcante da história.

Isso se explica, por exemplo, no fato de que a maioria das pessoas que falam português tem mais de 50 anos. E elas ficam no bairro português, que tem quase 2 mil pessoas.

Para os próprios moradores locais de Malaca, na Malásia, não há muita esperança de que o português vai continuar por muito tempo por lá. Para eles, daqui 20 anos, no máximo, a língua vai acabar.

Portanto, se você tem o interesse de ir para a Malásia e se dar bem com o seu português, saiba que essa ideia tem prazo de validade.

E a Índia?

Agora, se você gostou da história que contamos aqui, que é totalmente verdadeira, saiba que tem mais algumas curiosidades. E agora, sobre a Índia, que é outro país asiático.

Para quem não sabe, a Índia é outro país que ainda fala o português. Dá para encontrar cidades onde o idioma é o principal, como em Goa, Korlai e Damão.

Além da Índia, dá para citar outros locais, como Macau, Timor-Leste e Flores (na Indonésia).

Visitar Malaca

Agora, se você ficou na dúvida sobre visitar Malaca, na Malásia, saiba que temos boas notícias. Claro que a língua portuguesa poderia ser até um impulso para você. Só que por lá não é só isso que se tem de diferenciais.

A cidade é incrível, apesar de pequena. E é histórica também. Só isso já é suficiente para valer uma visita. Mas, vamos com calmas. Trouxemos aqui alguns bons motivos para visitar Malaca.

De modo geral, dá para encontrar hospedagens a partir de 20 dólares com quartos duplos. O que é um preço bastante agradável e acessível. E por ser pequena, a cidade tem pontos estratégicos, o que faz com que alguns dias da viagem sejam suficientes para conhecer o lugar.

Já quanto aos pontos turísticos, o que temos como destaque é o Museu Marítimo de Malaca. Ele é uma réplica do navio português que afundou na costa da cidade. A réplica tem 34 metros de altura e 8 metros de largura e vale a visita.

Como é de se imaginar, o museu conta a história marítima da cidade.

E a Famosa?

História – saiba porque em Malaca, na Malásia, tanta gente fala português
https://www.accorhotels.com/9101

Agora, além do Museu também dá para visitar a Famosa Fort. O nome é português e isso traz mais uma semelhança com o Brasil. A herança também é dos portugueses que estiveram por lá. Entre eles, o citado Albuquerque.

A Fortaleza foi construída logo após o exército português vencer os Sultanato local. E ele fica na Colina de São Paulo. O lugar seria o ponto estratégico, que foi citado aqui também, ligando Portugal à China. O que como você sabe, não deu muito certo.

Agora, por que vale a pena visitar Malaca, na Malásia, e passar pela Famosa? Obviamente porque é considerada uma das maravilhas arquitetônicas que temos no mundo. É uma construção Europeia na Ásia e isso, por si só, já é interessante demais.

Além do mais, a Porta de Santiago é a única parte da fortaleza que está em pé até hoje, de forma intacta. As outras partes são reconstruções.

ANÚNCIO