Saiba sobre a Flybondi, companhia aérea argentina low-cost que chegou no Brasil

ANÚNCIO

No segundo dia de julho deste ano, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou a Flybondi a começar a operar no Brasil. A partir de então ela está aprovada e autorizada para realizar voos, o que deve acontecer a partir de outubro.

Mas, quem é e o que é essa companhia aérea argentina? Afinal, estamos falando da saída da Avianca do mercado e do aumento no preço das passagens… E agora a companhia resolve investir no Brasil? Então porque essa é uma boa ideia para baratear as passagens.

ANÚNCIO
Fonte: Internet/Flybondi

E já vamos adiantar uma informação importante: a companhia vai operar apenas entre o Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão) para Buenos Aires (a capital argentina). Serão 3 voos em uma mesma semana.

Histórico

A companhia aérea Flybondi é considerada a 3ª empresa do tipo low-cost a ser autorizada a executar voos no Brasil.

Low-Cost é o nome dado à venda de passagens mais baratas, sendo que o foco é oferecer menos serviços aos passageiros.

ANÚNCIO

Para quem não lembra, outras empresas internacionais já passaram por aqui com o mesmo ideal.

Entre elas a Sky Airline, que ligava aos voos diretos para Santiago, no Chile. E Norwegian Air, que ia até Londres, na Inglaterra.

A Flybondi

Já sobre a Flybondi, saiba que é uma empresa muito nova, sendo que o primeiro voo aconteceu em janeiro do ano passado. A partir daí foram transportados mais de 1,6 milhão de passageiros.

Portanto, apesar de nova já é a 3ª da Argentina. Passou, recentemente, a Norwegian (que tem 7% do mercado).

Outro dado legal de ver é que entre janeiro e junho, a companhia atingiu a participação de 9% de todo mercado argentino. Perdendo para a Latam (15%) e também para a Aerolineas Argentinas (68%).

O fato é que em 12 meses, a empresa mais que dobrou o número de passageiros. Isso porque tem um quadro de 5 Boeing 737 e vai para 17 destinos, com foco interno.

No Brasil

No Brasil, a empresa chegou agora, sendo que pretende fazer os voos além de outras cidades, além do Rio.

“Estamos felizes em alcançar, em pouco tempo, um sucesso”, disse Sebastián Pereira, presidente da companhia.

E vale lembrar que antes mesmo de operar, a companhia já havia pedido autorização para operar em 20 rotas no Brasil, como São Paulo, Florianópolis, Salvador, Curitiba, o que indica que logo esses destinos devem fazer parte da lista da Flybondi.

E isso se explica pelo fato de que Buenos Aires é o 4º maior destino buscado pelos brasileiros, com base em um estudo da Voopter. Depois, vem Santiago, no Chile.

Os preços

O presidente da Voopter, Petterson Paiva, comenta que isso vai levar à diminuição do preço de passagens para Buenos Aires.

“O consumidor brasileiro não tem apego à marcas de companhias, mas considera preço, horário e escala”, ele afirma.

Portanto, “se a Flybondi chegar com preços menores, as grandes companhias brasileiras vão ter que mostrar algo diferente para ganhar o gosto dos brasileiros”, finaliza.

Ele acredita que vai ser possível encontrar passagens a partir de R$ 300 do Rio para Buenos Aires. Valor que poderá chegar até R$ 700.

ANÚNCIO