Veja esses 5 erros na hora de comprar passagem em promoção

Existem alguns erros na hora de comprar passagem em promoção. E que quase todo mundo já cometeu alguma vez na vida. A saída é evitar da próxima vez, né! Se você não errou com isso alguma vez ainda, cuidado para que isso não aconteça. Se já errou, mais cuidado ainda para evitar!

A gente fez uma lista com base em erros que foram citados na internet e que são comuns. Mas, que apesar isso, podem ser evitados sem muito esforço. Para quem tem o hábito de viajar para qualquer lugar do país ou do mundo, são dicas bastante válidas!

Veja esses 5 erros na hora de comprar passagem em promoção

1 – O horário do voo

Em quase todas as dicas que tem a ver com comprar passagens aéreas, a gente pode ver que há sim formas de conseguir promoções ou, pelo menos, preços mais em conta. E uma dessas formas é optar pelos horários menos concorridos dos voos.

Assim sendo, um voo pode acontecer entre as 2 horas e as 6 horas, o que tem uma concorrência muito menor. E, por isso, preços menores também.

Só que o cuidado aqui é para você pensar também no restante da viagem. Se chegar no seu destino nesse horário vai ter transporte público ou táxis para te levar para o hotel, por exemplo? Além disso, você vai ter o que comer no aeroporto?

O cuidado é que para o preço da passagem, mesmo sendo barata, não seja um tiro no pé!

Comprou passagem aérea da Avianca? IDEC ensina o que fazer

2 – A obrigatoriedade do visto

O outro dos erros na hora de comprar passagem em promoção que a gente vai citar aqui é sobre os vistos obrigatórios. Isso porque quando a gente vê uma passagem em promoção, a gente quase nunca se pergunta sobre o visto, mesmo que ele seja obrigatório em alguns lugares.

É um erro bastante comum que pode custar caro, viu. Isso porque mesmo que você passa por um país que tenha essa obrigatoriedade só por trânsito (de um voo para outro), você vai ter que o seu visto de turista.

Há casos na internet de pessoas que fizeram conexão em Toronto, no Canadá. E essa cidade agora exige o visto de brasileiros. Aí que essas pessoas tiveram um baita de um problema porque não tinham o visto. E era apenas conexão, viu.

Assim sendo, o ideal é prestar a atenção na lista de documentos obrigatórios para a sua viagem internacional.

3 – A localização exata do hotel

Essa dica é para quem vai comprar uma passagem online que não é uma passagem comum, mas sim um pacote de viagens inteiro. Isso porque a gente sempre lê algo como “10 minutos do centro” ou “perto de pontos turísticos”. É preciso cuidado. Já que nem sempre confiar, de olhos vedados, é uma boa ideia.

O fato é que hoje em dia se tem vários meios de confirmar a informação que vem de empresas turísticas ou mesmo dos próprios lugares de hospedagens. Taí o Google Maps, o Waze e outros aplicativos e sites gratuitos de localização, viu.

O ideal é “perder” alguns minutos para fazer a pesquisa online e que é de graça, né. Saiba exatamente para onde você está indo e onde vai ficar. Isso pode baratear ou encarecer muito o seu passeio em passeios internacionais.

Você pagaria a mais por uma Passagem Aérea para compensar o CO2?

4 – A conexão que é muito curta

Mais um dos erros que estão no topo de problemas que as pessoas têm é o lance da conexão. Sabe qual é o melhor conselho do mundo? Dizer que você não pode estimar muito pouco uma conexão. Isso porque você pode encontrar filas, ter problemas com malas e etc.

Então, se o seu portão de embarque demorar, o que também é possível, você acaba perdendo o seu voo e o seu passeio, amigo. Assim sendo, tome muito cuidado com isso.

O que a gente recomenda, com base em avaliações de outros viajantes, é que você faça reservas de conexões com pelo menos 1 hora e 30 minutos entre elas. Agora, se for um aeroporto mais concorrido e internacional, leve em conta 2 horas, no mínimo.

Veja esses 5 erros na hora de comprar passagem em promoção

5 – O custo-benefício da passagem

É claro que a gente sempre quer economizar dinheiro. E, nesse caso, quanto mais melhor. Só que tem outro dos erros na hora de comprar passagem em promoção que precisa ser analisado.

Muitas vezes, você deixa de investir 5 ou 10 ou 15 dólares em uma passagem, mas não vê as vantagens de uma ou outra. Na hora de comprar passagens, o ideal é analisar o que é chamado de custo-benefício e não somente o custo.

Às vezes, aquele voo de 10 dólares mais caro te compensa porque você chegará no destino 3 horas antes, por exemplo. Ou, então, aquele custo de 15 dólares a mais é para você ter um espaço extra e confortável dentro da aeronave.

O que a gente diz é para avaliar o benefício de cada passagem aérea ou pacote de turismo que está sendo vendido na internet. Nem sempre o mais barato será o melhor. E nem sempre ele será o pior também.

Atualmente, existem muitos sites e aplicativos de celulares que são confiáveis para este tipo de compra. E boa parte deles permitem o parcelamento da compra e até mesmo o cancelamento da compra. Mas, nem sempre isso vai ser bom para você. Um preço à vista pode ser melhor. Um lugar melhor pode ser o ideal. Assim como o horário do voo.

Pense em tudo isso, de forma simples e objetiva, para evitar erros na hora de comprar passagens e ter um passeio mais feliz!