Conheça 7 dicas para economizar dinheiro em Buenos Aires, na Argentina

Viajar para a Argentina já não é um sonho tão distante da realidade de muitos brasileiros. Logo, muita gente tem buscado informações sobre como conseguir economizar dinheiro em Buenos Aires. Para quem não sabe, esse é o principal destino do nossos Hermanos.

Pensando nesse público que vai visitar a capital argentina nos próximos meses, a gente separou dicas sobre o transporte, hospedagem, alimentação e outros fatores que podem te ajudar a economizar dinheiro. Continue lendo para saber mais sobre isso.

E leve em conta que uma viagem para Buenos Aires, quando bem planejada, pode ficar até mais barata do que viajar para algumas regiões do nosso país. É só fazer as contas, planejar e descobrir.

1 – A hospedagem

Você sabia que em praticamente todos os lugares do mundo, os hotéis perto do centro são mais caros, né? E isso também vale para Buenos Aires, a capital da Argentina. Inclusive, por ser capital, a situação é ainda mais evidente.

ANÚNCIO

Dessa forma, temos aqui a primeira dica para economizar dinheiro em Buenos Aires: procure um hotel não tão próximo do centro. Há hotéis mais distantes dessa região e que são ótimos quando se considera o custo-benefício. Tem hotéis seguros, baratos e divertidos.

Outro detalhe é que as hospedagens perto de grandes atrações também são mais caras, viu. Por isso, na hora da pesquisa considere não apenas saber se o lugar fica perto do centro, como se fica perto de atrações também.

Logo, para fugir de hospedagens caras demais na Argentina, procure hotéis mais distantes do centro e das atrações. Dá até para considerar aplicativos como o Airbnb, que oferecem opções mais em conta e em várias regiões da capital.

2 – O transporte

Mais uma dica para economizar dinheiro é pensar no transporte público. Considere que se você não tem pressa para se deslocar de um lugar para outro, você pode usar o transporte público de lá, que é uma opção mais barata e nem tão ruim assim.

Agora, se você tem muita pressa, aí, com certeza, vai acabar pagando a mais em táxis. Por lá, os Ubers também fazem sucesso e podem ser opções mais baratas. O jeito é pesquisar antes para saber os reais valores.

3 – A alimentação

Se tem uma dica legal sobre alimentação na Argentina é sobre aproveitar o melhor que a culinária local pode oferecer. E tem muitos restaurantes locais que valem a pena viu, tanto do ponto de vista financeiro como do paladar.

O que a gente quer dizer é que você não tem que optar pelos restaurantes que são voltados para turistas. Tem aqueles que são para moradores locais, que são mais baratos e ótimos.

Agora, para quem quer ter uma experiência gastronômica diferenciada, aí sim você pode ir nesses locais mais focados em turistas. Eles realmente são bons, mas custam bem mais. Por isso, a sua escolha de onde vai comer pode pesar ou nem tanto no seu bolso.

4 – Os produtos

Da mesma forma que explicamos acima sobre comer em restaurantes locais, saiba que dá para comprar produtos locais e nacionais também. E pagar mais barato por isso, obviamente. Por lá, os produtos importados sempre custam mais caro.

A dica para economizar dinheiro em Buenos Aires que trouxemos aqui é o seguinte. Quando você for comprar alguma coisa, evite aquelas lojas de marcas estrangeiras. E prefira aquelas que são regionais, próprias da Argentina. Essa é uma ótima ideia para valorizar a sua viagem!

Ah, e se você não sabia, considere que a Argentina produz ótimos produtos em couro, vinhos e até mesmo chocolates. Eles são do tipo “bons e baratos”.

5 – O dinheiro

Usar o real para pagar as compras também é uma forma inteligente de economizar dinheiro no nosso país vizinho. Assim sendo, fique mais à vontade e não se preocupe tanto com as casas de câmbio para levar o dinheiro local na viagem.

Se você está pensando em trocar o real pelo dólar será pior ainda, viu. Mesmo porque muitos dos comércios locais aceitam o real brasileiro e você nem precisa levar outra moeda. E comprar dólares vai te fazer gastar dinheiro com taxas, como você sabe, né.

6 – O Pacote de Viagem

Mais uma ideia é pensar em comprar pacotes de viagens. Isso porque o pacote pode sair mais barato do que você comprar tudo separadamente. Leve em conta que não basta comprar as passagens aéreas para viajar para a Argentina.

Você vai ter que pensar, por exemplo, na hospedagem, na alimentação, no transporte e nos passeios, né. E isso tudo em um pacote pode ser algo mais viável e mais econômico. Outra vantagem dos pacotes é que eles dão segurança para casos de imprevistos, com voos ou outros.

Sair do Brasil para estudar na Argentina vale a pena?

7 – O planejamento

A última das dicas para economizar dinheiro em Buenos Aires é pensar no planejamento dos seus passeios. É claro que muita coisa pode mudar e se você for com um pacote, os seus passeios já podem ter sido escolhidos.

Mas, de um modo geral, quando você tem uma ideia de onde vai e quando fica mais fácil se organizar e evitar imprevistos. Assim, evita-se também a perda de dinheiro em uma viagem para a Argentina.  

Atenção – As informações acima foram retiradas de uma especialista em viagens. A Izabella Lessa é gerente comercial a Azul Viagens e foi quem compartilhou conosco as informações. A ideia foi a de indicar conselhos sobre como economizar dinheiro em Buenos Aires.

ANÚNCIO