É preciso comprar passagens aéreas para bebês?

99

Viajar de avião com bebês gera inúmeras dúvidas. E dentre elas, aquelas relacionadas às passagens são as mais comuns. Afinal de contas, é preciso comprar passagem aérea para bebês?

No artigo de hoje, responderemos a essa pergunta e a muitas outras dúvidas relacionadas a passagens aéreas para bebês. Ao fim, ainda trazemos uma ótima dica para você economizar na viagem com o seu pequeno.

É preciso pagar a passagem do bebê?

Essa dúvida não tem uma resposta exata, pois as regras variam entre as companhias aéreas.

Algumas não cobram nada, enquanto outras cobram uma taxa de até 10% do valor total da passagem do adulto. Na Azul, por exemplo, crianças de 0 a 2 anos viajando no colo não pagam nada.

Viajando de graça ou pagando pela taxa é importante salientar que o bebê não terá direito a uma poltrona exclusiva. Ele vai viajar no colo do adulto ou em berços especiais que nem todas as companhias aéreas disponibilizam.

Mas, você pode optar por reservar uma poltrona exclusiva para o bebê e assim ter mais conforto durante a viagem. Nesse caso, o valor das das tarifas para o bebê variam e, na maioria das companhias aéreas, é necessário levar uma cadeirinha certificada para uso em avião e um cinto de segurança adequado.

Qual a idade das crianças para passagens gratuitas?

Praticamente todas as companhias aéreas oferecem descontos ou viagem de graça para crianças de até 2 anos de idade incompletos.

 Após isso e até os 12 anos incompletos, algumas cias aéreas ainda oferecem descontos, mas menores, e a maioria cobra a passagem normal.

A Azul dá desconto de até 25% da tarifa do adulto para crianças entre os 2 e 12 anos incompletos, por exemplo.

Como comprar a passagem do bebê pela internet

Não há segredo para comprar a passagem de um bebê pela internet. No site da maioria das companhias aéreas, basta seguir o procedimento normal de compra: informar local de saída, destino, datas de saída e retorno e, na hora de informar o número de passageiros, colocar o número de bebês que vai viajar.

Em algumas cias aéreas, como no site da Latam, por exemplo, o número de bebês não pode ser maior que o número de adultos, como uma forma de garantir a segurança de ambos.

Mas, se comprar a passagem para o bebê é simples, encontrar passagens aéreas baratas pode exigir um pouco mais de pesquisa. Os gastos com o voo são os que mais pesam no bolso em qualquer viagem e economizar com isso é uma boa.

Pesquisar os preços das passagens

A nossa dica aqui é que você compre as suas passagens em uma plataforma de passagens aéreas como o Jetradar.

Essas plataformas fazem uma busca profunda na internet e indica os melhores preços para você. E o processo de compra da passagem para bebês é praticamente o mesmo.

Com isso, sobra um pouco mais para você gastar com o que realmente importa: o destino final!