7 dicas para economizar no roaming internacional em uma viagem ao exterior

Você sabe o que é o roaming internacional? De forma simples é algo como “usar o celular estando em outros países”. Só que isso custa bem caro. Portanto, fizemos o serviço de encontrar dicas para economizar no roaming internacional. E você vai ver como isso faz diferença na conta que vem no fim do mês da sua operadora de celular.

Só para a gente entrar nos tópicos de forma mais correta, vamos à melhor tradução do roaming de celular. “É um conceito que é muito usado em toda a telefonia móvel. Tem a ver com a capacidade de enviar e receber dados através das redes móveis, na estádia em países diferentes”.

7 dicas para economizar no roaming internacional em uma viagem ao exterior

Assim, fica bem mais fácil a gente entender sobre o roaming de dados internacionais. Mas, por ser um assunto pouquíssimo conhecido, quase ninguém sabe o que pode ser feito para economizar dinheiro com isso. Mas, o lado bom, é que a gente te conta!

1 – Ative o Roaming de Dados na Operadora

Se você vai para outro país e não falar com a operadora, você vai conseguir falar com pessoas aqui do Brasil. No entanto, sem a ativação da operadora, a sua conta vai vim bem cara.

Isso porque as operadoras oferecem planos adicionais para os seus dias de viagens. Assim sendo, as principais operadoras do Brasil oferecem pacotes predeterminados por períodos. E isso envolve a quantidade de dados também.

Aí, ao fazer isso, você pode escolher um plano que seja bom para o que você precisa nesse momento da viagem internacional.

2 – Faça a Compra do Chip Internacional

É bem possível que você já saiba que isso pode mudar muito o valor das suas ligações internacionais. Mas, se não sabe ainda, continue lendo porque vamos explicar mais uma das dicas para economizar no roaming internacional.

Aqui no Brasil, ao comprar um chip internacional, você vai pagar valores a partir de R$ 35. E eles costumam valer para até 30 dias. Mas, dá para contratar mais dados adicionais. O fato é que existem muitas empresas que oferecem tais chips.

A gente vai citar algumas aqui para te dar aquela ajudinha na hora de pesquisar os preços: Fale Global, World Sim, Telestial ou o mais famoso, One Sim Card.

Lembrando que é só trocar o chip do celular ou adicionar mais um, se ele permitir 2 slots. E assim você continua com os seus contatos lá, inclusive, permitindo a comunicação por WhatsApp também.

3 – Use o Sinal do Wi-Fi de onde você está Hospedado

Ainda que nem todo lugar comercial seja altamente seguro para acessar redes wi-fi, saiba que isso pode colaborar muito com a sua economia de roaming de dados. Isso porque você pode usar essa conexão com a internet para falar com outras pessoas, sem precisar fazer a ligação.

Aí, a dica é você desligar os seus dados móveis ao fazer o uso do wi-fi, só assim a economia vai acontecer.

Para complementar esse tópico, saiba que é legal baixar músicas e vídeos aqui no Brasil. Porque você pode ter acesso à eles, quando estiver no exterior, sem precisar fazer downloads ou usar os dados do roaming.

9 passos para juntar dinheiro rápido para uma viagem internacional

4 – Saiba sobre as Ligações do Hotel ou à Cobrar

Dependendo do pacote que você contratou na sua operadora de celular, considere que as ligações feitas do hotel podem ser mais baratas. Agora, claro que você precisa estudar isso: vendo a tabela de tarifas que o hotel cobra para ligações internacionais.

Por incrível que pareça, há ainda a opção de usar cartões telefônicos, que podem funcionar muito bem em outros países menos desenvolvidos. Hoje em dia tem cartões que valem por horas de ligação e tem preços atrativos.

De modo geral, esses cartões funcionam de forma simples: você liga para o número indicado no cartão, seleciona o idioma, entra com o código do cartão e disca o número do Brasil.

No caso de ligação à cobrar, isso realmente existe. A Embratel tem o serviço de Brasil Direto. Você liga e quem paga a ligação é quem atende ela. O número para saber mais sobre isso é o 1-800-283-1055.

7 dicas para economizar no roaming internacional em uma viagem ao exterior

5 – Faça o Uso dos Aplicativos Inteligentes

Hoje em dia tem muitos apps que funciona muito bem até mesmo off-line. E isso é ótimo para quem quer economizar no pacote de dados, né. Por isso, estude mais sobre eles. Uma boa ideia é o Google Maps, que tem a opção de ser off-line também.

Existem até mesmo smartphones que permitem que páginas possam ser acessadas e carregadas mesmo quando você tiver sem o sinal de internet no momento.

6 – Saiba como Usar o Celular para Emergências

A penúltima das nossas dicas para economizar no roaming internacional é sobre saber como usar o seu telefone celular para fazer as chamadas emergenciais.

É claro que se você vai para outro país precisará ter um seguro viagem. Mas, considere que ficar a mercê disso é um tanto quanto arriscado, né. Então, pesquise sobre os números de discagem rápida do seu celular.

7 – Conheça o seu Destino Final

E, para terminar, conheça o seu destino final. Isso porque essa informação é bastante importante para você ter uma ideia do quanto precisa estudar sobre as possibilidades de usar o seu roaming internacional.

Países como Cuba, Coréia, Síria e Irã não tem boas alternativas para o uso da internet. Diferente dos Estados Unidos e da Alemanha, que investem sempre nisso, com projetos do Google e de outras marcas que operam em telefones celulares.