Veja essas 7 dicas de segurança para uma viagem à Israel

Israel fica no Oriente Médio. E isso já se torna um motivo muito preocupante para quem vai viajar para lá. Só que é um lugar turístico muito famoso devido à sua importância religiosa. Por isso, a gente tem aqui algumas dicas de segurança para uma viagem à Israel.

A ideia é que você tenha segurança para enfrentar uma viagem para o Oriente Médio e sem correr riscos. Por que, apesar de não parecer, dá para fazer uma viagem como essa de forma segura e totalmente incrível. Mesmo porque histórias sobre isso não faltam!

Se você também faz planos para conhecer esse lugar tão importante e tão citado na Bíblia, continue lendo. A sua viagem pode ser incrível e ficar na sua memória para sempre. E sem correr riscos, obviamente. Descubra como com essas dicas!

1 – Os Conflitos Internos

A primeira coisa é entender os conflitos que existem em Israel. Então, vamos começar pela parte territorial, obviamente. Israel fica na fronteira com a Síria. E está hoje em dia em uma das regiões mais perigosas do mundo.

ANÚNCIO

Para quem conhece mais sobre os relatos bíblicos, vamos lá. As guerras acontecem das Colinas do Golã (que fica ao lado do Mar da Galileia). E aí você vai ouvir falar também da Faixa de Gaza, que é controlada por Israel e fica isolada.

Aí, ainda temos a Cisjordânia, que é de controle palestina. É nessa parte que fica Belém, por exemplo.

Assim sendo, vamos resumir uma coisa aqui: Israel tem vivido em paz com a Jordânia e o Egito. Mas, isso não acontece com o Líbano, por exemplo, que tem sua fronteira fechada por muros. Entendido os conflitos, vamos a outro ponto!

2 – A Segurança Interna

Outra das dicas de segurança para uma viagem à Israel é saber sobre a segurança interna. Assim sendo, se vimos os conflitos por um lado, agora temos que considerar a segurança interna, o que costuma trazer grande surpresa para as pessoas.

A taxa de crimes em Israel é praticamente inexistente. Por isso, você não será roubado como pensa. Então, vamos lá: sem exageros, mas considerando o que é importante para evitar prejuízos e problemas, ok? Israel é um lugar seguro do ponto de vista dos crimes.

3 – Os Ataques Terroristas

Quanto aos ataques, vamos considerar que sempre existia a ameaça em qualquer país do Oriente Médio. Não é raro ver notícias de pessoas suicidas que atacam soldados israelenses, por exemplo. Especialmente em Jerusalém.

Só que isso não deve ser motivo para você evitar uma visita a Israel. Se você mora em capitais, como o Rio de Janeiro, deve saber que por aqui também temos problemas como esses, né. E até mesmo em países europeus, como a França, tem ataques terroristas nos dias de hoje.

Tudo o que você precisa saber antes de viajar para Israel

4 – O Serviço Militar

A próxima das dicas de segurança para uma viagem à Israel tem a ver com o serviço militar. Saiba que por lá o Serviço Militar é obrigatório para os homens… E também para as mulheres.

Assim sendo, para os jovens usar armas é coisa sagrada. Logo, vai ser bem comum ver nas ruas os jovens usando armas. Inclusive, quando vão para a balada, bares, restaurantes. E não é qualquer arma, como uma pistola. Geralmente, são metralhadoras.

5 – O Passaporte para Turistas

Agora trouxemos uma curiosidade. O passaporte para turistas é uma grande questão a ser vista e estudada. Por lá, logo chegando ao país, a pessoa recebe uma espécie de mini identidade, que é como um visto impresso. Só que o papel não é colado no passaporte.

Isso porque Israel não mantém relações boas e amigáveis com a maioria dos países do Oriente Médio. O que se imagina é que com esse “colante”, o turista poderia ter problemas a entrar em outros países do mesmo continente.

6 – A Saída de Israel

Outro ponto importante sobre viajar para Israel é que a saída é pior que a entrada, como muitas pessoas dizem. E isso é mesmo verdade. Isso porque para liberar o turista, o governo faz um interrogatório e inspeciona as bagagens também.

Portanto, a recomendação é que o turista seja o mais breve e objetivo possível para evitar o conflito de informações e os problemas. O que vai mudar mesmo é que é preciso chegar no aeroporto com, ao menos, 3 horas de antecedência. Isso para não atrasar!

7 – O Custo da Viagem

A última das dicas de segurança para uma viagem à Israel tem a ver com o dinheiro também. Isso porque para quem busca segurança, o melhor é viajar com a Ethiopian Airlines, que faz escala em Adis Abeba, na Etiópia.

E o custo é de 700 dólares por uma passagem aérea. Agora é que entra aqui o cuidado: de modo geral, a conexão acontece de noite e aí vai ser preciso esperar um tempo grande para partir de novo.

Bônus – excursão religiosa

Para quem tem medo, uma alternativa é viajar com uma excursão religiosa. Isso quer dizer algo como criar uma meta de uma viagem de fé, sabe? Assim, dá para acompanhar um grupo fechado e conhecer pontos comuns de interesse de todos os participantes.

Inclusive, há roteiros incríveis que são planejados nos relatos bíblicos, como em Nazaré, Belém, Jerusalém e Galileia.

E se você não sabe por onde começar, pesquise sobre empresas como Abraham Tours, Artzeinu, Eg’ged Tours, entre outras. Todas são empresas reconhecidas pelo Turismo Religioso em Israel.

ANÚNCIO