Descubra se comprar passagens aéreas com milhas do cartão realmente vale a pena para você!

97

Comprar passagens aéreas é um item que sempre está na lista de planejamento que alguém faz na hora de viajar. O motivo é que esses bilhetes podem custar bem caro… Ou podem sair de graça. Sim, acredite você que dá para viajar de avião sem pagar nada aqui no Brasil. Outra opção é conseguir descontos.

Essa é uma verdade que cada vez mais tem sido aceita pelos brasileiros e tudo acontece através do programa de pontos do cartão de crédito, que se transforma em milhas nas companhias aéreas e resulta em diversos benefícios diretos ao consumidor, como os descontos ou a compra sem custos das passagens.

Descubra se comprar passagens aéreas com milhas do cartão realmente vale a pena para você! 1

Descubra se essa forma de comprar passagens aéreas vale a pena para você, considerando que existem milhares de cartões de crédito com pontos no Brasil e alguns programas de milhagens também, que são de companhias aéreas e possibilitam os descontos!

As passagens convencionais

Bom, parece simples, mas vamos deixar tudo mais bem explicado. Hoje existem várias formas de comprar passagens aéreas de forma convencional. Pode ser por uma agência de turismo, por exemplo, assim como através de sites especializados no assunto. Também pode ser na companhia aérea e nas lojas do aeroporto.

Até aqui tudo bem, não é mesmo? E uma boa observação é que quanto mais próximo do dia da viagem você estiver mais cara a passagem vai estar. Então, para quem quer economizar dinheiro com as passagens (comprando de forma convencional), o jeito é comprar antecipadamente.

Ah, também dá para comprar em sites de compras coletivas assim como em sites de leilões. Inclusive, há empresas que vendem pacotes de viagens, onde estão inclusos hospedagens e passagens, como a Groupon faz e a Peixe Urbano e a própria Latam.

As passagens com as milhas

Já comprar passagens aéreas com milhas parece um pouco mais complicado, mas não é. O importante é considerar que as milhas não surgem do nada e nem do além. Elas vem de pontos que são acumulados em cartões de crédito, que devem estar cadastrado em programas.

Então, é mais ou menos assim: o seu cartão tem um programa de pontos. Depois, ele transfere os pontos para um programa de fidelidade de uma companhia aérea. E essa transferência se torna também uma transformação: de pontos em milhas.

Entre os programas das companhias estão: Smiles da Gol, Multiplus da Latam, TudoAzul da Azul, entre outros.

Assim, essa opção pode ser mais vantajosa para você ou não. Tudo vai depender da quantidade de pontos e milhas que você tem. E, leve em conta, que há regras a serem seguidas: quanto ao tempo de acúmulo e também ao número de pontos acumulados que podem ser trocados.

Por isso, o melhor jeito de saber se vale a pena é conhecendo o seu cartão de crédito e o programa de pontos da sua companhia aérea preferida. Os cartões mais caros, de alta renda, como Gold, costumam ser os mais indicados – em contrapartida, são os mais caros. Resta a você fazer as contas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here