5 cuidados que se deve ter em Viagem de Cruzeiro

76

Preços atrativos, conforto a bordo e variedade de destinos são alguns motivos que têm atraído cada vez mais pessoas de todo mundo a optar por fazer um cruzeiro nas férias.

Só que é preciso ter alguns cuidados quando for fazer uma viagem de cruzeiro.

Hoje é possível encontrar trajetos das mais diversas durações, desde de roteiros Internacionais que duram semanas até minicruzeiros, com período de 3 dias.

Sendo essa uma ótima opção para quem não quer gastar muito mas deseja desfrutar de um passeio de navio.

Para usufruir ao máximo as vantagens desse tipo de passeio é necessário tomar alguns cuidados na preparação e durante o passeio, afim de evitar futuros aborrecimentos.

1 – Documentos atualizados

Primeiramente, antes de embarcar, é importante o viajante estar com todos os documentos em ordem e válidos.

Para itinerários nacionais, portar carteira de identidade com foto recente é o suficiente para identificação, porém, cruzeiros internacionais, é necessário apresentar passaporte válido por 6 meses.

Dependendo do destino da viagem também é indispensável providenciar visto de entradas e apresentar a carteirinha de vacinação com as vacinas em dia.

2 – Despesas extras

Ao fechar um pacote de viagens, vários serviços estão incorporados, sendo eles acomodação da cabine, alimentação, acesso a todas instalações e entretenimentos oferecidos.

Alguns serviços não estão agregados no passeio, como bebidas alcoólicas, a não ser que tenha contratado um cruzeiro “all inclusive” e, mesmo assim, nem todos os drinks são disponibilizados livremente.

Algumas companhias cobram gorjetas, que podem ser taxadas antes ou depois da viagem.

Também não estão incluídas despesas pessoais, como lavanderia, encargos de telecomunicação e excursão nos portos de escala.

3 – Não se alimente exageradamente

Alguns navios servem em média cinco refeições diárias, já outros, possuem serviço de buffet 24 horas.

Sem contar que muitos oferecem variadas opções de restaurantes a bordo.

Devido a essa grande disponibilidade de alimentos, o passageiro deve ter bom senso de não exagerar, assim evita passar mal posteriormente e desembarcar com uns quilos a mais.

4 – Balanço do mar

A principal preocupação nesse tipo de viagem é o enjoo do movimento das águas e, infelizmente, não há como evitar o mal-estar para principiantes.

Para ajudar aliviar o desconforto, recomenda-se manter o estômago cheio, preferir lugares mais arejados e não ficar confinado na cabine.

Não fumar e evitar odores fortes também auxilia na cinetose.

Caso as náuseas persistirem, se faz necessário o uso de medicamentos para diminuir a sensação do balanço do mar.

5 – Proibições do navio

Talvez essa seja o assunto mais controverso nas proibições para as mulheres: não pode levar secador e nem chapinha!

Não pode carregar a bordo nenhum aparato que emita calor e isso também engloba ferros de passar, velas e incensos.

Outros itens também são vetados para adentrar no navio, como armas, drogas, objetos pontiagudos, alimentos (exceto para bebês) e bebidas.

Toda bagagem está submetida a inspeção por cães farejadores.

Apesar de ser comum ver pets acompanhando seus donos, nos cruzeiros ainda não estão permitindo o embarque de animais de estimação, exceto cães guia, com autorização antecipada.