Conheça 7 cuidados ao viajar sozinho para qualquer lugar do mundo

Atualmente, há um número crescente de pessoas interessadas em fazer viagens solo. Isso quer dizer que nem sempre uma viagem com a família, amigos ou casal é a melhor ideal. No entanto, é preciso considerar alguns cuidados ao viajar sozinho para evita problemas.

Dessa forma, considere que viajar sozinho e fazer esse verdadeiro mochilão pode ser uma ótima ideal para você se conhecer melhor. Além do mais, há inúmeros benefícios para se fazer isso. Só que nada disso impede que você seja alguém cuidadoso.

E a nossa ideia, com a criação deste conteúdo, é justamente trazer informações que podem fazer a diferença para você durante o seu passeio. Na verdade, tratam-se de precauções que vão fazer a diferença para que você tenha uma viagem sem sustos e sem dores de cabeça.

1 – Planejamento

A primeira dica de segurança para qualquer viagem tem a ver com o planejamento que é feito para que ela aconteça. Independente se você vai viajar sozinho ou em grupo, isso também será essencial para uma viagem segura e com mais qualidade.

Por isso, inclua no seu planejamento a pesquisa sobre o destino, sobre os lugares de passeio, sobre o que se deve evitar, sobre as regras e culturas locais, sobre tudo o que for possível. Afinal de contas, cada região tem suas características e você será apenas um turista.

ANÚNCIO

2 – Hospedagem

A próxima das dicas, que faz parte dos cuidados ao viajar sozinho, tem a ver com a sua hospedagem. Saiba que nem sempre ver apenas o preço do hotel ou da pousada ou do hostel será a melhor ideal para você. O ideal é pesquisar e encontrar o melhor custo-benefício.

Isso porque não vai adiantar muito você encontrar um lugar super barato que não tenha algum conforto para você, concorda? É preciso verificar o que é importante para você na viagem: internet, café da manhã, academia, piscina, preço, localização, etc.

3 – Transporte

Também é preciso ter cuidado com o transporte. Tanto na hora de comprar as passagens como na hora de se locomover no seu destino. Do lado da compra de passagens, considere que dá para encontrar promoções na internet.

Já do lado do transporte no local, saiba que muitas vezes é mais seguro alugar um carro do que ficar andando com táxi. É preciso ver sobre o seu destino e os valores para saber qual será mais viável.

4 – Horários

A próxima dica tem a ver com os horários. Atualmente, a criação de horários é uma forma de padronizar atendimentos e agilizar processos. Por isso, saiba que o seu voo tem horário de embarque assim como você tem hora para entrar no seu hotel e sair dele também.

Além disso, os passeios possuem hora marcada e até o pessoal da limpeza segue o horário para fazer a limpeza no seu quarto. Você não tem que ser pontual como o relógio de Londres, mas deve, pelo menos, ter consciência de que os horários servem para serem cumpridos.

5 – Bagagens

Agora vamos falar das bagagens. Hoje em dia, todo mundo está suspeito a ter uma mala extraviada. Assim como você pode ser assaltado na rua de qualquer lugar do mundo. Mas, o que dá para fazer é se prevenir.

Portanto, entre os cuidados ao viajar sozinho você tem que considerar colocar cadeado na mala e escolher uma que seja de boa qualidade. Outra coisa é etiquetar a sua mala, com nome completo e número de telefone.

Descubra quais são os 6 melhores destinos para viajar sozinho no exterior

6 – Objetos

Quanto aos objetos, saiba que você jamais deve dar na cara que é um turista amador e ficar andando para lá e para cá com a sua câmera fotográfica. Evite também cair naqueles golpes onde as pessoas oferecem alguns produtos e você compra na emoção.

Além disso, use porta dinheiro para guardar as cédulas e cartões. E evite ficar “dando bandeira” com celulares e carteiras.

7 – Segurança

Por último, como não poderia ser diferente temos os cuidados especiais com a própria segurança. Isso quer dizer que é uma boa ideia você saber onde fica a delegacia mais perto de você e dos pontos onde você vai frequentar.

Além disso, tenha sempre um cartão pessoal no seu corpo (como braço ou pescoço) e na sua mochila também. Isso será importante para se caso algo ruim acontecer com você, como um mal-estar, um desmaio ou coisa do tipo. Afinal, isso é um imprevisto que pode acontecer.

Outra boa ideia é você sempre contar com os guias locais. Eles podem ser boas opções para te levar para os melhores e mais encantadores caminhos. A dica é tomar cuidado para escolher um guia profissional e autorizado para tal trilha ou passeio.

Leia também – o seguro viagem!

Considere ainda que é super recomendável que você faça o seu seguro viagem antes de partir para o mundo afora. Inclusive, para dentro do Brasil isso nem sempre é obrigatório. Porém, para destinos internacionais sim. A vantagem é que dá para pesquisar online.

Assim sendo, você pode escolher aquela que é mais adequada para você considerando o seu perfil de viagem, os seus destinos e até mesmo o fato de ter uma apólice com cobertura em valores maiores ou menores. Há vários sites que permitem a comparação e simulação online.

Aqui no blog mesmo a gente já fez vários conteúdos falando sobre os tipos e a forma de contratar o seguro viagem. Dessa forma, você pode ler eles sem custos e ficar mais atento para fazer essa contratação, que também pode ser feita online.

ANÚNCIO