Descubra 7 cidades turísticas suíças para conhecer na sua próxima viagem

20

Existem algumas cidades turísticas suíças que estão além da conhecida Zurique. Talvez você não saiba, mas Berna é que é a capital do país. E isso já torna o lugar totalmente aconselhável às visitas de turistas do mundo todo.

Só que tem mais coisas que talvez você ainda não saiba sobre as cidades da Suíça. Saiba que tem lugares com árvores exóticas, que ficam entre rios ou entre montanhas, por exemplo? Há uma beleza muito escondida nas aldeias suíças que você vai descobrir abaixo.

Por isso, é bastante inteligente que você leia este conteúdo antes de fechar o seu próximo roteiro de viagem para a Suíça. Daqui dá para tirar ideias incríveis, que vai deixar o seu passeio muito mais incrível e único. E olha que a Suíça é um dos países com uma história e uma cultura mais relevantes no mundo inteiro!

1 – Berna

A gente não tem como começar de outro jeito, a não ser falando da capital da Suíça. Berna é a capital suíça e está bem no centro-oeste de todo o território nacional.

PROPAGANDA

Agora, só o fato de ser capital já indica que é uma cidade a ser visitada. Mas, não é só isso. A cidade também é um Patrimônio Cultural da Humanidade, com base na Unesco. E motivo tem a ver com a sua arquitetura, que é arcaica e medieval, sendo do século XVI.

Se você vai passar por Berna pergunte sobre as figuras, inclusive, sobre a Kindlifresserbrunnen. Além disso, Berna está entre as cidades turísticas suíças mais incríveis pelas obras de Paul Klee, projetadas por Renzo Piano.

2 – Montreux

Você acredita que tem gente que vai para a Suíça só pensando em Montreux? E há bons motivos para isso mesmo. O lugar é encantador e foge um pouco da história e da cultura do país. Porque o seu forte mesmo é a paisagem.

Em Montreux dá para ficar à beira-mar, ao longo do Lago de Genebra, que fica no sudoeste do país. Por lá, toda a língua falada é francesa, inclusive, o nome da cidade já é um indicativo.

Além do mar e do lago, você encontra muitas árvores exóticas por lá, além de flores que cercam as vistas alpinas.

Também em Montreux dá para ver o castelo do século XIII chamado de Château de Chillon. Ele tem vista para o Lago e é inspiração para várias obras literárias de Jean-Jacques Rousseau e Lord Byron.

3 – Lucerna

Lucerna também tem o seu destaque na Suíça. Fica bem no centro do país e é como Berna: uma cidade considerada antiga e tradicional. Por lá você encontra as casas históricas pintadas, exatamente como a praça central de Weinmarkt.

Além das casas, há monumentos (como Kapellbrucke), uma ponta coberta e até mesmo uma muralha preservada (Musegg Wall).

É por isso que você já deve ter ouvido falar de Lucerna antes. É uma das cidades turísticas da Suíça mais conhecidas porque está nos livros de história. Agora, se você quer se impressionar, saiba que Lucerna também tem o seu lado moderno.

O Centro de Cultura e o Congresso fazem parte desse novo contexto. Eles são obras de Jean Nouvel. E dá para acessar as montanhas de Pilatus, Rigi ou Stanserhorn para deixar o passeio ainda mais incrível.

4 – Guarda

Guarda é uma aldeia pequena, portanto, não se considerada como cidade turística. Agora, se está aqui na nossa lista é porque, sem dúvidas, compensa o seu passeio e a sua visita. Lá tem casas antigas que são do século XVII.

Obviamente, Guarda recebeu o prêmio pela preservação dessas casas e pela arquitetura delas também. O prêmio está no livro de Alois Carigiet, chamado Schellen-Ursli.

5 – Interlaken

Não precisa entender muito de outra língua para ver que Interlaken é algo como “entre rios” ou “entre lagos”, né. E o nome da cidade é bem sugestivo, já que ela fica entre o Lago Thun e o Lago Brienz. Sendo assim, é um dos picos mais altos do país suíço.

O lugar é indicado para brasileiros e turistas que gostam de paisagens naturais e que tem folego. Isso porque as trilhas vão até um mirante com mais de 1,3 mil metros em formato de funil. Se você gosta de aventura, considere Interlaken, ok?

7 atrações turísticas em Zurique, na Suíça, para você conhecer

6 – Morcote

Mais uma das cidades turísticas suíças é Morcote, que também é uma espécie de aldeia. Ela fica ao longo de toda a costa do Lago Lugano. O lugar é formado por pescadores que exploram as colinas e o lago.

Por lá tem uma torre de uma igreja histórica, chamada de Santa Maria del Sasso.

Para quem gosta de natureza, dá para considerar toda a flora asiática que tem na aldeia, além das esculturas gregas. Há, também tem um templo egípcio por lá, de onde dá para ter vistas panorâmicas incríveis.

7 – Soglio

Soglio é a última cidade que vamos citar aqui. Ela fica bem mais na parte do Sul do país. A aldeia é incrivelmente linda e fica entre montanhas.

Também fica mais para o lado da história e da cultura do país. Tem ruas em paralelepípedos, tem igrejas históricas e tem uma vista de deixar qualquer um de queixo caído. Já ouviu falar das sequoias, aquelas árvores enormes e antigas? Tem por lá também.

E do ponto mais alto da aldeia de Soglio, que é a Via Panorâmica, dá para ver toda a região. O que dá uma bela fotografia no pôr do sol.

PROPAGANDA