Entenda tudo sobre a taxa de embarque

77

Você já deve ter se perguntado o que é essa tal de “taxa de embarque”, presente em todas as passagens aéreas que compra, não é mesmo? A maioria dos passageiros, mesmo os viajantes experientes, não fazem ideia do que é essa taxa, como ela é cobrada, para que serve ou porque é cobrada.

Mas, apesar de ser um assunto chato, é importante que todos os passageiros saibam do que se trata essa tarifa até mesmo para assegurar os seus direitos em casos de imprevistos. Abaixo, você descobre tudo sobre ela, nos mais mínimos detalhes, acompanhe!

Entenda tudo sobre a taxa de embarque 1

O que é a taxa de embarque?

A taxa de embarque, ou taxa aeroportuária, é um valor cobrado pelas companhias aéreas para que o viajante embarque faça as conexões necessárias, pouse e permaneça no aeroporto, fazendo uso de suas dependências, como escadas rolantes, saguões, etc.

Grande parte dos passageiros não sabe, mas, ao chegar ao aeroporto para pegar seu voo, já se está pagando pela taxa de embarque.

O valor cobrado varia entre os aeroportos e tipos de voo, como veremos mais à frente, e esse dinheiro é destinado, no caso do Brasil, à Infraero, que é o órgão responsável por administrar os aeroportos no nosso país.

Como ela é cobrada?

A taxa de embarque é cobrada juntamente com compra da passagem. Ou seja, ao fazer o pagamento da sua passagem, independentemente de ser em um estabelecimento físico, por telefone ou internet, você já está pagando pela taxa.

E este valor é pago à vista, independente se a compra em si é parcelada ou não. Nesses casos, a taxa é paga totalmente junto com a primeira parcela. E, como taxa também é obrigatória, mesmo nos casos em que a passagem é emitida com milhas, ela é cobrada.

Em caso de cancelamento do voo por parte do passageiro, a taxa de embarque deve ser reembolsada, pois ele não usou as dependências do aeroporto e não embarcou.

Quanto custa?

O valor da taxa de embarque varia bastante entre os aeroportos e tipos de voo.

Isso porque cada aeroporto no Brasil recebe uma categoria de tarifas que varia de acordo com características próprias, como quantidade de passageiros recebidos anualmente e a quantidade de aeronaves que ele comporta.

O valor da taxa também é maior para voos internacionais do que nacionais.

Esta taxa é estipulada pela Infraero com base nestas duas questões e padronizadas em tabela para todos os aeroportos administrados pelo poder público no Brasil inteiro. Os aeroportos administrados por empresas privadas seguem políticas tarifárias próprias.

Para que serve?

Essa tarifa, como já dito, é destinada à Infraero. Esta, por sua vez, utiliza o valor arrecadado para manter os aeroportos funcionando:

  • pagar o salário dos funcionários,
  • segurança do local,
  • limpeza,
  • manutenção das dependências do prédio (escadas-rolante, salas de espera, saguões)
  • realizar investimentos que promovam a melhora dos serviços oferecidos.

Nos aeroportos administrados por empresas privadas, a taxa de embarque tem o mesmo destino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here