5 países aconselháveis para fazer o turismo criativo

Se você ainda não sabe, já vamos explicar: o turismo criativo é aquele que tem como foco fazer o turista imergir e adentrar em toda a cultura local. Ou, pelo menos, em parte dela. Isso é feito através de cursos, oficinas, palestras e outros eventos.

Vamos supor que você vai viajar até Paris. Por lá, além de poder ver todos os pontos turísticos, também pode encarar a cozinha local, que é uma das mais autênticas do mundo. Isso tem a ver com o turismo criativo.

5 países aconselháveis para fazer o turismo criativo

Agora, quais países têm investido nesse tipo de turismo? É sobre isso que vamos falar abaixo. Com essa lista de países que tem boas opções de cursos para quem quer fazer um turismo criativo.

E também dá para aprender mais e estar dentro de uma cultura diferente da nossa.

1 – A Tailândia

Na Tailândia você vai encontrar muito aprendizado mesmo. Inclusive, há um programa muito forte de turismo criativo por lá que foca no slogan “descubra o outro você”.

E aí que as atividades para isso exploram paisagens diversas e treinos de boxes tailandês, aulas de cozinha tailandesa.

Além das aulas de massagem tailandesa e até mesmo ensinamentos sobre o cultivo de arroz à moda, que é uma forma “zen” de produzir o alimento.

2 – A Áustria

A Áustria também tem um turismo criativo muito forte, com ofertas de atividades focadas em várias áreas, como naquela que mostra uma experiência incrível com ovelhas.

O visitante pode aprender a fazer a lã e ter aulas de culinária. Tudo com as ovelhas locais.

Além disso, tem também o Tour Swarovski. Que nada mais é do que uma visita guiada nas lojas de luxo de Viena. O visitante pode criar o próprio cartão postal.

Tem ainda o safári fotográfico, que permite explorar Viena como um fotografo profissional.

3 – A Paris

A famosa Paris, que já foi citada aqui neste conteúdo, é uma das cidades que sempre promovem seus cursos de culinária, como dito acima também.

Dá para aprender a fazer croissant ou baguete ou fougasse, por exemplo.

Mas, além disso, a capital da França, ainda oferta atividades na área de artes. Como com as fotografias, os perfumes, as joias, as flores e até mesmo com a arte dentro do Museu do Louvre.

4 – A Ibiza

Ibiza também se destaca quando o assunto é o turismo criativo. Isso porque a ilha da Espanha tem cursos aos turistas de body art e de aquarelas.

Além de trazer experiências para crianças, como com as músicas e fotografias aquáticas.

5 – O Brasil

O Brasil também tem o seu turismo criativo, que mesmo não sendo tão conhecido pelos brasileiros, acaba agradando boa parte das pessoas de outros países que vem para cá.

Um bom exemplo é Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Por lá tem cursos de chimarrão, oficinas de pedras preciosas, de culinária regional (como o churrasco), de pintura acrílica, de olho na rua e até mesmo de fandango (um tipo de dança).

Se você quer conhecer mais sobre o turismo criativo no Brasil, saiba que tem até um site no RS, que é para quem oferece atividades, como as citadas.